Notícia

'Perdemos por nossos erros', diz técnico da seleção de basquete

Para jogadores e técnico, derrota para o Canadá nas Eliminatórias da Copa do Mundo da China é explicada por falhas na defesa e oscilação em quadra

Apesar de ter sofrido a derrota por 85 a 77 para o Canadá na última quinta-feira, na estreia da segunda fase das Eliminatórias da Copa do Mundo da China, em 2019, a seleção masculina de basquete segue com chances de conquistar a vaga, mas precisa manter a atenção nos próximos rivais e evitar novos reveses. Já neste domingo, a equipe volta à quadra para enfrentar as Ilhas Virgens, às 21h, em Goiânia.

Ao analisar o desempenho do Brasil na partida, Anderson Varejão destacou a intensidade do confronto e disse que a equipe tinha boas chances, mas acabou prejudicada por erros nos contra-ataques e falhas na defesa.

- Foi um jogo muito disputado do inicio ao fim, e infelizmente não tivemos a tranquilidade de manter o ritmo que tivemos no início do jogo. No final, eles acabaram abrindo uma maior vantagem com as bolas de três e isso nos deixou sem reação. O objetivo agora é entender o que precisamos fazer nesse momento para que não haja esses erros novamente.

Para o armador Yago, a equipe brasileira estava ciente das dificuldades que encontraria diante do Canadá e, apesar de ter buscado a igualdade, acabou levando a pior. Na visão no jogador, os erros cometidos nesta quinta devem servir como aprendizado para a sequência da disputa

- Foi tudo muito duro e a gente já sabia a dificuldade que seria enfrentar o Canadá em casa. Porém, jogamos bem e só algumas vezes ficamos com uma diferença grande no placar. O importante foi que corremos atrás para manter sempre um jogo de igual para igual. Sabemos a necessidade de melhorar e acertar os erros. O basquete é um esporte de altos e baixos, e hoje mesmo com toda nossa garra o Canadá saiu melhor.

A atuação da defesa também foi criticada pelo ala-armador Leandrinho. Para ele, os espaços na defesa deram muitas chances ao Canadá, que conseguiu converter muitas cestas de três pontos, algo que deve ser corrigido para os próximos compromissos. O discurso foi confirmado pelo técnico Aleksandar Petrovic, que apontou as falhas defensivas e oscilações de ataque como os responsáveis pela derrota brasileira.

- No primeiro tempo cometemos cinco erros e permitimos muitas cestas fáceis para o Canadá. Quando aceleramos os jogos, fomos bem. Atuamos contra uma equipe com cinco ou seis jogadores na NBA e ainda conseguimos fazer uma partida equilibrada. Perdemos sobretudo por nossos erros - complementou o técnico da seleção.

O Brasil faz parte do Grupo F das Eliminatórias das Américas, que também é integrado por Canadá, Ilhas Maldivas, Venezuela, Chile e República Dominicana. Cabe ressaltar que apenas as três melhores seleções conseguirão vaga para a Copa do Mundo da China. Consequentemente, as equipes que não se classificarem ficarão fora das Olimpíadas de Tóquio, em 2020.