Notícia

Giro d'Italia: Ackermann volta a vencer; Dumoulin anuncia desistência

Pascal Ackermann venceu a quinta etapa sob muita chuva em Terracini; holandês Tom Dumoulin desiste da competição após sofrer uma queda na quarta etapa

O alemão Pascal Ackermann foi o grande vencedor da quinta etapa do Giro d'Italia. Sob chuva forte nos 140 km de percurso entre Frascati e Terracina, o ciclista terminou a prova com o tempo de 3h15m44s. Ackermann já havia vencido a segunda etapa do Giro.

Além de Pascal, completaram o pódio em Terracina o colombiano Fernando Gaviria (vencedor da terceira etapa) e o francês Arnaud Demare, numa diferença de milésimos de segundos.

- Foi um sprint duplo hoje. Eu tive que frear a 250 metros para conseguir ir, mas felizmente Gaviria se tornou o líder perfeito para mim. Eu cresci bastante no final. Estou feliz por hoje. Foi assustador durante todo o dia sob a chuva. Eu estava feliz por ter a camisa de ciclame de volta ontem. Espero continuar ganhando nestas cores.

Na classificação geral, a liderança continua com o esloveno Primoz Rolic, seguido do britânico Simon Yates e do italiano Vincenzo Nibali. Os ciclistas enfrentam uma nova etapa longa nesta quinta-feira, com 238km entre Cassino e San Giovanni Rotondo.

CAMPEÃO DESISTE POR LESÃO
Antes da largada da quinta etapa, uma triste notícia para quem acompanha o esporte: o holandês Tom Dumoulin, campeão do Giro d'Italia 2017, anunciou sua desistência da competição nesta quarta. O motivo é a lesão sofrida na terça-feira, quando Dumoulin sofreu uma queda durante a disputa da quarta etapa.