Notícia

Maratona do Rio divulga alterações nos percursos de 21km e 42km

Mudanças foram realizadas por conta da decisão judicial de interdição da Avenida Niemeyer. Evento acontece nos dias 22 e 23 de junho<br>

A Maratona do Rio divulgou nesta terça-feira alterações no percurso da Meia Maratona Olympikus (21km) e da Maratona do Rio Cosan (42km). As mudanças foram necessárias por conta da interdição da Avenida Niemeyer por determinação judicial atendendo um requerimento do Ministério Público, após os constantes episódios de deslizamentos na via.

Em sua 18ª edição, a Maratona do Rio afirma que não poupou esforços para garantir o compromisso em primeiro lugar com a segurança e experiência de seus corredores e reitera que todas as modificações foram feitas visando o menor impacto possível para os participantes e para a cidade, garantindo a qualidade e a realização de todas as provas.

- Não podemos de forma alguma colocar os corredores em riscos e nem esperar por mudanças em decisões judiciais. Não estamos medindo esforços para entregar a melhor experiência para os corredores e para a cidade. Sabemos de todo o esforço e dedicação feito por quem vai participar das nossas provas - diz Claudio Romano, CEO da Dream Factory que organiza a prova junto a Spiridon Eventos.

Em um trabalho conjunto da organização da Maratona do Rio com os órgãos públicos (Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e CET-Rio), as mudanças foram definidas e os percursos seguem aferidos e homologados pela entidade internacional responsável (IAAF). Os tempos finais continuam valendo como índice para outras competições.

Para aos atletas que irão correr os 42km, no dia 23 de junho, a largada, que antes era na Praia do Pontal, no Recreio, agora será no Aterro do Flamengo. Após a largada, os atletas irão em direção ao centro da cidade, relembrando um percurso histórico, que também foi explorado nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Logo, os participantes irão passar pela Marina da Glória, Monumento dos Pracinhas, Praça XV, Igreja de São José, Candelária, Pira Olímpica, Centro Histórico e Boulevard Olímpico mantendo a rotina de cartões postais da cidade, o que é uma tradição da Maratona do Rio. Na sequência, a prova volta para o Aterro, seguindo para Copacabana e Ipanema até fazer a volta no final da praia do Leblon, para retornar em direção ao Aterro, passando também pelo Leme no trajeto de volta.

Na Meia Maratona, que será realizada no dia 22 de junho, a largada será feita no final da praia do Leblon e seguirá um percurso já conhecido pelos corredores e utilizado em outras provas. Os atletas passarão pela orla do Leblon, Ipanema, Copacabana, Centro Histórico e retornarão para o Aterro do Flamengo. Com as mudanças, a altimetria das provas também diminui.

- Nosso maior compromisso é que seja garantida a qualidade técnica para os corredores, uma marca registrada da Maratona do Rio em todos esses anos. Alteramos o percurso para garantir a segurança dos corredores, mas não perdemos a excelência e a essência do evento. Os novos percursos vão explorar outros cartões postais da Cidade, mantendo a qualidade da prova. Essa é a 18º edição da prova e temos certeza que vamos escrever juntos mais um capítulo bem-sucedido dessa história - disse João Traven, sócio da Spiridon Eventos.

Com as alterações no percurso, a organização irá antecipar a largada da Maratona minimizando, com isso, o impacto no trânsito da cidade. A largada da Maratona será às 5h30 e da Meia às 6h30, seguindo em onda até que todos iniciem suas provas.

As provas de curta distância (5km e 10km), seguem no Aterro do Flamengo, com horário de largada a partir de 8hs. As duas provas largam próximo as ruas Barão do Flamengo e Almirante Tamandaré na pista mais próxima do mar, no sentido Zona Sul – Centro. Os 5km vão até o MAM e retornam, enquanto os 10km farão o retorno no túnel Marcelo Alencar.