Notícia

Leomon, do goalball, será porta-bandeira na abertura do Parapan

Jogador de 26 anos é bicampeão mundial com a Seleção Brasileira da modalidade

Bicampeão mundial e líder da Seleção Brasileira de goalball, Leomon Moreno será o porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura do Parapan de Lima, que acontece nesta sexta-feira, às 21h (de Brasília), no Estádio Nacional do Peru.

O atleta, que perdeu a visão quando ainda era bebê, devido a uma retinose pigmentar, foi anunciado ontem pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), durante a cerimônia da bandeira, na Vila dos Atletas.

A equipe verde e amarela já assegurou a classificação para Tóquio-2020, graças ao ouro no Mundial de Malmö, na Suécia, em 2018. Mas o jogador faz questão de uma boa participação no evento continental.

Esta é apenas a terceira edição do Parapan com a presença da modalidade. Tanto em Guadalajara-2011 quanto em Toronto-2015, os brasileiros se sagraram campeões. No feminino, a Seleção soma uma prata, no México, e um ouro, no Canadá.

- Nossa expectativa é conquistar a medalha de ouro aqui em Lima. Queremos chegar à final da competição, mostrar que estamos fortes e dar um recado às outras equipes, sempre já de olho nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 - afirmou Leomon, que ainda tem no currículo o título mundial de 2014, na Finlândia, e o bronze na Rio-2016.

* O repórter viaja a convite do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB)