Notícia

Hebert Conceição perde na semi e fica com bronze no Mundial de boxe

Atleta cai para russo Gleb Bakshi e fica fora da briga pela medalha de ouro, mas é único pugilista do país a sair com pódio de Ecaterimburgo. Ele já havia sido prata no Pan<br>

O Brasil conquistou o bronze no Mundial de boxe da Aiba. Nesta sexta-feira, Hebert Conceição, na categoria até 75kg, perdeu para o russo Gleb Bakshi na semifinal, em Ecaterimburgo. Os jurados apontaram vantagem para o boxeador da casa por 4 a 1 (30 a 27, 30 a 27, 29 a 28, 29 a 28 e 28 a 29).

É o primeiro mundial de boxe de Hebert Conceição, que tem apenas 19 anos de idade, e ele sai de lá com três vitórias em quatro lutas. Ele Entrou na segunda rodada, como cabeça de chave número cinco, e venceu na estreia o alemão Andrej Mersljakov por 3 a 2. A seguir, nas oitavas de final, venceu o uzbeque Fanat Kakhramonov pelo mesmo placar. Nas quartas passou por Cavallaro por 4 a 1, mesmo placar da semifinal contra Gleb Bakshi.

Além de Hebert, o Brasil ficou perto de uma segunda medalha com Wanderson de Oliveira, no peso leve (até 64kg). Ele teve três vitórias no Mundial, mas acabou superado nas quartas de final pelo indiano Manish Kaushik por decisão unânime dos juízes (5 a 0).

O Mundial da Aiba este ano não vale classificação para a Olimpíada. As vagas em Tóquio 2020 vão ser disputadas ano que vem, em torneio pré-olímpicos organizados pelo próprio Comitê Olímpico Internacional (COI).