Notícia

Ex-nadador Ricardo Prado renuncia ao cargo de secretário da CBDA

Medalhista olímpico em Los Angeles-1984 se colocou à disposição de Luiz Coelho, anunciado como novo presidente da entidade após destituição de Miguel Cagnoni

O ex-nadador Ricardo Prado, medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Los Angeles-1984, renunciou na última terça-feira ao cargo de secretário executivo da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). Ele se colocou à disposição de Luiz Fernando Coelho, anunciado como novo presidente em Assembleia Geral Extraordinária na última segunda-feira, após a aprovação da destituição de Miguel Cagnoni.

A decisão fortalece Coelho, que ainda precisa ter reconhecida sua condição de novo comandante da CBDA pela Federação Internacional de Natação (Fina), que precisa aprovar os resultados da Assembleia. O órgão internacional contou com um observador no encontro, o paraguaio Juan Carlos Orihuela.

Conforme o LANCE! publicou na última terça-feira, a defesa de Cagnoni contesta a validade da Assembleia. Mas o ex-mandatário, enfraquecido em meio a uma série de denúncias de má gestão e falta de prestações de contas, perdeu todos os antigos aliados políticos.

Até mesmo Prado, antes indicado por Miguel para ocupar a presidência em seu lugar, pulou fora e sinalizou aproximação com Coelho, que era vice de Cagnoni. Toda a articulação do novo grupo que deve ficar no comando da confederação foi feita por Celso Oliveira, presidente da Federação Aquática do Rio de Janeiro.