Notícia

Empresa que ajudou lateral do Flu firma parceria para levar atletas brasileiros a universidades dos EUA

Pioneira no Brasil, empresa tem exclusividade para dar oportunidades a esportistas de todas as modalidades; Igor Julião relembra importância de experiência nos EUA

A 2SV, empresa brasileira pioneira no mercado de intercâmbio esportivo e acadêmico, com foco em bolsas de estudo nos EUA, firmou uma parceria inédita com a National Association of Intercollegiate Athletics (NAIA). Pela primeira vez, em 82 anos de história da NAIA, uma empresa é escolhida como “Official Brazilian Recruiting Partner of the NAIA”.

Com a parceria, a 2SV passa a ser o único representante oficial da NAIA no Brasil, responsável pelo ingresso de qualquer atleta brasileiro, de todas as modalidades esportivas, nas ligas norte-americanas universitárias NAIA. Vale destacar que a associação só tem parceiros oficiais no Brasil, UK (Reino Unido) e China.

- Temos muito orgulho de anunciar a parceria com a NAIA e reforçar que ela é fruto de 15 anos de trabalho transformando a vida de diversos jovens, que sonham em trilhar o caminho do estudo e do esporte em alto rendimento. Essa parceria vai ajudar ainda mais os pais a terem acesso a detalhes importantes antes de mandar o filho estudar fora do Brasil - disse o CEO da 2SV, Ricardo Silveira.

Aluno ilustre

Hoje no Fluminense, o lateral-direito Igor Julião, com passagens pela Seleção Brasileira de base e Europa, teve ótima experiência como atleta nos Estados Unidos. Ele pôde contar com a estrutura da 2SV para a melhor experiência possível no intercâmbio cultural e esportivo em terras americanas. Além dele, o irmão, Hugo, aos 22 anos, atualmente é atleta da Louisiana State University Shreveport, uma das principais faculdades da NAIA, após intermédio da 2SV.

- Eu e minha família temos uma gratidão enorme pela 2SV. O pessoal de lá transformou nossas vidas. Graças a eles, eu pude vivenciar uma cultura incrível e extremamente obstinada em relação aos esportes - conta o jogador, que atuou em 2014 pelo Sporting Kansas City.

- Meu irmão estava aqui no Brasil, atuou no Fluminense e Botafogo, quase desistindo de jogar futebol, quando a 2SV proporcionou-lhe uma ida para os Estados Unidos. Hoje, ele joga pelo time de futebol da faculdade, está com uma bolsa integral, tira ótimas notas e ainda trabalha na faculdade. A vida dele mudou completamente, ele saiu uma criança do Brasil e se transformou em um homem realizado - relatou Julião.

Universidades e esportes americanos

A NAIA é uma associação composta por 287 instituições Universitárias dos Estados Unidos e Canadá administra, desde 1937, programas esportivos cuja finalidade é o equilíbrio e a integração com a experiência educacional dentro das universidades.

Todo ano, mais de 65.000 estudantes-atletas, registados na NAIA, têm a oportunidade de praticar esportes universitários, com o suporte de mais de 600 milhões de dólares em bolsas de estudo, e competir por uma vaga em um dos 26 torneios nacionais.

De acordo com Ricardo Silveira, o objetivo principal da NAIA é promover a educação e o desenvolvimento dos estudantes através de sua integração nas equipes esportivas. Portanto, as instituições associadas compartilham o princípio que o envolvimento com o esporte serve como parte integrante do processo de desenvolvimento educacional de cada estudante e buscam, como compromisso comum, manter alta a qualidade acadêmica e esportiva.

Outra preocupação da associação é com a igualdade de gêneros. A NAIA garante que ocorra a distribuição igualitária de oportunidades e recursos esportivos. Ou seja, as vagas e matrículas são proporcionais e estão disponíveis para homens e mulheres, onde nenhum estudante-atleta, treinador ou coordenador é discriminado de nenhuma maneira dentro dos programas esportivos oferecidos.