Notícia

Judoca Nacif vai abrir lanchonete para conseguir bancar a carreira

Capixaba, naturalizado libanês, agora luta na categoria Médio, até 90kg. Ele venceu uma etapa do Circuito Mundial

Os quilinhos a mais parecem ter feito bem ao judoca Nacif Elias. E é isso mesmo. Ao aumentar de peso, o capixaba, que pulou da categoria Meio Médio para Médio, de até 90kg, garantiu o primeiro lugar no Open Pan Americano de Judô, etapa do Circuito Mundial, disputada em Buenos Aires, na Argentina, no último domingo.

Nacif Elias foi destaque nos Jogos Abertos de São Paulo
Nacif Elias foi destaque nos Jogos Abertos de São Paulo
Foto: Divulgação

O judoca é naturalizado libanês e compete pelo país asiático desde 2013. Nacif fez três lutas para conseguir o ouro. Na primeira, ele venceu por wazari e mais três punições sobre o argentino Tomas Spikerman. Na segunda, o atleta enfrentou mais um argentino, o Alexis Duarte. Faltando 30 segundos para o encerramento, o capixaba acabou cortando a cabeça. Mas na volta do combate, ele manteve a pontuação dos dois wazari e conseguiu a vitória.

“Minha cabeça abriu um corte profundo, tive que dar seis pontos, sangrava muito. Mas consegui voltar para a luta e vencer. Na final peguei um americano (Colton Brown), que é muito bem rankeado e apliquei um ippon e levei o ouro. Fiquei muito contente por derrubar um cara que está bem classificado. Isso me motivou em poder ir mais longe ainda nas próximas lutas”.

Essa foi a segunda medalha de ouro de Nacif na categoria Médio. A primeira foi no mês passado, em um campeonato no Líbano. Ele disputou quatro competições com o peso de 90kg. O capixaba disse estar confortável nessa categoria, embora tenha de enfrentar adversários também mais fortes.

“Antes eu dependi muito de dieta, porque só podia chegar aos 81kg. Então era muito difícil. Resolvi arriscar e tem dado certo. Claro que continuo regrando a alimentação, porque vivo do meu corpo. Mas não preciso mais ter aquele desgaste todo, o que facilita os treinos, porque não sinto mais fraco por conta da alimentação restrita”.

Por falar em treinos, o judoca chegou na última segunda-feira ao Espírito Santo e já treinou. Sem muito tempo de descanso, Nacif já se prepara para a próxima competição, que vai acontecer na semana que vem, em Santiago, no Chile.

“Temos que manter a preparação em alto nível, então não há muito tempo para descansar, não. Semana que vem é outra disputa e eu quero trazer mais pontos comigo”.

Lanches vão ajudar a arrecadar verba para lutador

Sem patrocínio e tendo apenas a ajuda do governo libanês para as competições do Circuito Mundial, o capixaba Nacif vai investir no setor alimentício para aumentar sua renda. O serviço delivery, que será inaugurado na semana que vem, tem hamburgueres, petiscos e açaí no cardápio.

"É mais uma fonte de renda. Eu não tenho patrocínio, fui para a Olimpíada sem apoio nenhum daqui do Estado. Então tenho que dar meus pulos. Junto com dois amigos vamos abrir o King Lanches. Eu vou ficar mais na parte de contabilidade".

Nacif Elias, judoca capixaba, tem chance de disputar as Olimpíadas do Rio, em 2016
Nacif Elias, judoca capixaba, tem chance de disputar as Olimpíadas do Rio, em 2016
Foto: Vitor Jubini

E apesar de agora estar lutando em uma categoria acima, em que aumentou de peso, Nacif garantiu que não vai poder se esbaldar dos frutos do seu negócio. Ele vai manter uma alimentação mais saudável, mas garantiu que de vez em quando vai se permitir. 

Perfil da fera

Nome: Nacif Sathler Elias Júnior

Idade: 28 anos

Categoria: Médio

Peso: até 90kg

Altura: 1,68m

Naturalizado: Libanês

Ver comentários