Notícia

André Stein lembra início da carreira no projeto Vôlei Vida

Prestes a competir na Rússia pelo Circuito Mundial, capixaba de 22 anos fala sobre o começo da carreira e agradece ajuda de seus primeiros "professores"

André Stein é considerado um talento do vôlei de praia nacional, conquistou etapas do Brasileiro, já fez parceria com Ricardo, um dos maiores atletas da história da modalidade, e atualmente tem despontado ao lado do companheiro de quadra Evandro como uma das duplas mais fortes do Circuito Mundial. Além disso, o capixaba é candidato a representar o Brasil na Olimpíada de Tóquio 2020. Contudo, até alcançar tal sucesso, ele precisou ralar bastante no projeto Vôlei Vida, de Vila Velha.

André Stein foi revelado no projeto Vôlei Vida, de Vila Velha
André Stein foi revelado no projeto Vôlei Vida, de Vila Velha

E engana-se quem acha que André Stein sempre foi uma promessa das areias. Os primeiros passos do jogador foi no vôlei de quadra, aos 15 anos. Incentivado por Robson Rodrigues, o Robinho, e por Nazaré Simões, criadores do projeto Vôlei Vida, o atleta chegou à seleção capixaba. Aos 18 anos, resolveu migrar para a praia e finalmente se encontrou. O que não mudou na vida de André foi o carinho e a gratidão ao projeto que o abriu as portas.

“Considero o projeto um divisor de águas na minha vida. O Robinho e a tia Nazaré, que criaram o projeto, são meus segundos pais. Eles que me motivaram a treinar, jogar e foram as pessoas que me transmitiram conhecimento. Sou grato ao Vôlei Vida pelo ensinamento. Agora estou morando no Rio de Janeiro, mas quando vou ao Espírito Santo faço questão de ir ao projeto para dar um abraço neles ou deixar alguma camisa de presente para as crianças. Vou levar o projeto no meu coração para a vida toda”, afirmou.

Atleta capixaba se diz grato ao projeto canela-verde
Atleta capixaba se diz grato ao projeto canela-verde

Apesar de contribuir para a formação de atletas de alto rendimento, o Vôlei Vida tem como principal objetivo auxiliar crianças e jovens a serem cidadãos melhores. Completando 10 anos de história, o projeto realiza no próximo sábado, às 9h, uma festa que vai reunir alunos, familiares e ex-alunos do trabalho. A expectativa é que cerca de 150 pessoas participem do evento. A atividade é desenvolvida pela Associação dos Moradores do bairro Guaranhuns.

“Estamos muito felizes por estarmos fazendo aniversário e por termos ajudado muitos alunos ao longo desses anos. Se não conseguimos formar vários atletas profissionais, tenho a certeza que conseguimos formar grandes cidadãos. Nossa alegria é mudar para melhor o futuro de uma criança, de um jovem. Estamos aqui para possibilitar oportunidades para os alunos”, explicou Nazaré Simões, desenvolvedora do projeto.

Calendário cheio

Nascido em Vila Velha, André Stein atualmente mora no Rio de Janeiro por conta dos treinos ao lado do parceiro de quadra Evandro. A dupla realiza a preparação para as competições na Praia de Leblon e agora miram conquistar resultados consideráveis nas etapas do Circuito Mundial. O próximo desafio, inclusive, é a fase de Moscou, na Rússia. Depois, os atletas arrumam novamente as malas e viajam para competir na etapa da Holanda.

André Stein está jogando ao lado de Evandro
André Stein está jogando ao lado de Evandro
Foto: Divulgação

"A gente acabou de jogar o Mundial no Rio de Janeiro. Estamos treinando durante essa semana forte e no domingo já vamos partir para Moscou, na Rússia, jogar o próximo Mundial que vai ter. Agora, na verdade, começou com tudo o calendário de campeonatos. Fizemos a etapa do Rio, já vamos para a Rússia, daqui 15 dias viajamos para a Holanda e assim vai. São muitos compromissos. Em junho e julho temos uma sequência de muitas etapas mundiais do Circuito. Será bem corrido para mesclar treinos e jogos", atestou André Stein.

Ver comentários