Notícia

Palmeiras negocia Thiago Santos com clube dos EUA por R$ 4 milhões

Depois de quatro temporadas e meia no Verdão, volante de 30 anos de idade passará a defender o FC Dallas a partir de 2020; seu contrato era até 31 de dezembro de 2022

Thiago Santos não defenderá mais o Palmeiras em 2020. O clube acertou a venda do volante para o FC Dallas, dos Estados Unidos, por US$ 1 milhão (R$ 4,225 milhões, na cotação atual). O contrato do jogador de 30 anos de idade com o Verdão se encerrava somente em 31 de dezembro de 2022 e ele tinha 100% de seus direitos econômicos ligados ao clube.

O meio-campista foi contratado na metade de 2015 vindo do América-MG, sob custo de R$ 1 milhão, com ajuda da Crefisa, patrocinadora do Verdão e que precisa ser ressarcida. Ele já não vinha treinando no campo da Academia de Futebol nesta semana nem viajou com a delegação que enfrenta o Goiás, nesta quinta-feira, em Campinas, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

TABELA
>
Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

Thiago Santos renovou seu contrato com o Palmeiras em janeiro, estendendo seu vínculo até dezembro de 2022, prestigiado na época pelos seguidos elogios que recebia do então técnico Luiz Felipe Scolari. Teve recente sequência como titular enquanto Felipe Melo esteve vetado por problemas físicos.

O camisa 5 ficou no banco de reservas na derrota por 3 a 1 para o Flamengo, no domingo, no Allianz Parque, e não entrou em campo, mesmo quando Felipe Melo saiu com dores - Matheus Fernandes o substituiu. A negociação do volante já estava encaminhada desde a semana passada.

Thiago Santos ficou no clube por quatro anos e meio e acumulou 180 partidas com a camisa alviverde, com seis gols marcados. Era um dos que estava há mais tempo no Verdão entre os atletas do plantel atual. Sua saída faz parte da reformulação preparada para a próxima temporada. Dois volantes serão promovidos das categorias de base: Gabriel Menino e Patrick de Paula.