Notícia

Tampos de mesa podem quebrar do nada?

Confira as considerações da maior empresa de vidros temperados

Selo WhatsApp

Era para ser só uma sexta-feira comum, mas o dia dia 7 de agosto foi assustador para a educadora física Maria Gabriela Ribeiro Firmo, de 31 anos. Ela saiu de casa com o filho, um bebê de 5 meses, e, quando voltou, encontrou o vidro da mesa da sala estourado e espalhado por todo o chão da residência. Na casa estavam apenas os dois cachorros, um deles acoado em meio aos estilhaços.

O tampo de vidro temperado da mesa de jantar de Gabriela quebrou sem motivo aparente
O tampo de vidro temperado da mesa de jantar de Gabriela quebrou sem motivo aparente
Foto: Arquivo Pessoal

Recentemente o Gazeta Online publicou uma matéria falando sobre acidentes com vidros temperados de box de banheiros. Nela, foi abordada a razão pela qual eles quebram "do nada" e como evitar que isso aconteça. No caso do box, geralmente o motivo é a falta de manutenção do kit de instalação ou a má instalação do produto.

No caso da mesa de jantar de Gabriela, nenhuma dessas alternativas se aplicam. Por essa razão, ela e o esposo foram até a loja onde compraram a mesa, adquirida em junho de 2014, para reclamar os seus direitos. 

"A casa estava vazia e o vidro quebrou sem qualquer motivo. A mesa não fica exposta ao sol e para falar a verdade mal está sendo utilizada, já que ultimamente não temos feito refeições em casa", argumentou Gabriela, que ainda alertou sobre a gravidade da situação. "Por sorte eu não estava em casa. Mas da mesma forma que quebrou perto dos meus cachorros, poderia ter caído em cima do meu filho, caso estivesse brincando ou engatinhando pela casa", colocou.

Gabriela, o esposo e o filho não estavam em casa no momento em que o vidro estourou
Gabriela, o esposo e o filho não estavam em casa no momento em que o vidro estourou
Foto: Arquivo Pessoal

Na loja, o gerente afirmou para o casal que é normal os tampos de mesa quebrarem e que a empresa não tem qualquer responsabilidade sob o ocorrido. Ofereceu outro produto, mas não garantiu que o mesmo problema não voltaria a acontecer.

Um novo tampo foi colocado na mesa da educadora física, mas o medo do mesmo problema voltar a acontecer ronda a residência da família.

A atitude da empresa está correta?

Segundo o advogado especialista em direito do consumidor Gustavo Tardin, a empresa não poderia ter vendido ou instalado um novo produto do qual não garanta a qualidade. Além da garantia contratual que o lojista estabelece, Tardin afirma que de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, é obrigação da empresa dar ao cliente a garantia de que o produto não oferece risco.

"A empresa não pode vender um produto que coloque em risco a integridade física do cliente. O Código de defesa do Consumidor defende que produtos nocivos não podem, de forma alguma, serem colocados à venda".

O que dizem os especialistas

O Gazeta Online entrou em contato com a assessoria da maior empresa de vidros temperados, a Blindex, para saber se é normal tampos de mesa quebrarem sem motivo aparente e obteve o seguinte retorno:

"Não é comum tampo de mesa de vidro temperado 'estourar' sem motivo. A quebra do vidro temperado pode ocorrer por diversos motivos, dentre eles a possível não conformidade no processo de beneficiamento do vidro (corte, lapidação, tempera), que não atenda a norma ABNT NBR 14698 ou, durante a utilização do tampo de mesa, o vidro venha sofrer qualquer impacto na borda, originando fissuras que podem ocasionar a quebra instantânea ou posterior", declarou.

Ver comentários