Notícia

Como proteger as patas do seu cachorro da calçada quente

Você sabe quando está suportável ou não a temperatura do chão para o seu pet passear? Fique atento

Quando você coloca o seu tênis para ir para o calçadão passear com o seu pet, você se preocupa em verificar se a temperatura do chão está adequada para as patinhas dele? Muitas pessoas não sabem, mas as patas dos cachorros são tão sensíveis quanto a sola do pé e, por isso, também precisam ser protegidas do chão quente.

A temperatura do chão nos dias quentes pode ser muito cruel para os pés dos animais, assim como é para os nossos. Porém, embora existam sapatinhos para pet, muitos acabam não se acostumando a usá-los.

Por isso, o veterinário Guilherme Brêtas Ferreira deu dicas simples, que podem proteger as patinhas do seu melhor amigo na hora do passeio.

Segundo o veterinário, para saber se a temperatura do chão está adequada para as patas do animais, basta colocar a sola dos próprios pés nos chão. "As patas têm certo grau de resistência se comparada à sola dos pés, porém a sensibilidade é parecida", afirma.

Sapatinhos podem ser uma opção de proteção
Sapatinhos podem ser uma opção de proteção
Foto: Divulgação

Outra boa dica é colocar as costas da mão no chão e verificar se aguenta o calor por cinco segundos. Se aguentar, o chão está em condições que não prejudicam a pata do cão.

Outra sugestão do veterinário é evitar andar com o pet no sol. Prefira caminhar em locais com sombra, gramado, ou prefira sair apenas nos horários recomendados. "Antes das 10 horas e depois das 14 horas é o horário ideal, pois dessa forma eles não ficam expostos ao sol forte e as patas não correm risco", explicou.

Para mais informações sobre como cuidar adequadamente do seu pet na época mais quente do ano, consulte um veterinário. Só não vale curtir o sol e esquecer do seu melhor amigo.   

Ver comentários