Notícia

Cão baleado durante crime em Vila Velha sobrevive e busca um novo lar

A dona do animal foi morta a tiros e ele também foi ferido. O cachorro segue internado em um hospital veterinário particular. As despesas foram cobertas, mas agora ele não tem para onde ir

Cachorro baleado durante homicídio de mulher, em Vila Velha.
Cachorro baleado durante homicídio de mulher, em Vila Velha.
Foto: Reprodução | Redes Sociais

Um crime bárbaro e ainda sem respostas comoveu policiais civis com um sobrevivente indefeso: um cachorro. A dona dele, identificada como Lúcia Costa Dutra, de 55 anos, foi encontrada morta em casa com 20 perfurações de bala pelo corpo, na tarde de domingo (18), no bairro Alvorada, em Vila Velha. Os dois cachorros que moravam com ela também foram feridos pelos tiros. Um deles morreu no local. O outro, apelidado de "Guerreiro", foi socorrido com vida pelos policiais e levado para um hospital veterinário do município.

> Animal não é objeto: projeto trata bichos como seres com sentimentos

Agentes realizaram arrecadações para cobrir os custos com internação, exames e cirurgias do animal e já conseguiram juntar a quantidade necessária - o valor não foi informado. Entretanto, o cachorro sobrevivente não tem mais um lugar para ficar. Ele precisa de um novo lar. "Guerreiro" segue internado, o quadro de saúde dele é estável e, segundo os médicos, deve ficar em observação até esta terça-feira (20), depois está prevista a alta médica.

Caso tenha interesse em adotar o cão, entre em contato pelo número (27) 99607-0790.

O CRIME

A autônoma Lúcia Costa Dutra, de 55 anos, morava sozinha com os animais, segundo a polícia. A família dela é de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo

Leia também

O caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Mulher (DHPM) e, até o momento, nenhum suspeito foi detido. Informações adicionais, por enquanto, não serão passadas para não atrapalhar as investigações.

Denúncias podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia 181 ou pelo site, onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas. O anonimato é garantido.

  

 

Ver comentários