Notícia

Médicos vão receber três vezes mais por parto normal, determina Justiça

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil tem a maior taxa de cesáreas do mundo na rede privada

Normal ou cesárea?

Uma decisão da Justiça Federal tem gerado polêmica desde terça-feira (1º), quando foi determinado que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) coloque em prática medidas para reduzir o número de cesáreas na rede particular de saúde.

De acordo com a decisão, os profissionais de hospitais particulares que auxiliarem partos normais terão que receber dos planos de saúde três vezes mais do que o que receberiam na realização de uma cesárea.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil tem a maior taxa de cesáreas do mundo na rede privada, equivalendo a 84% dos partos. Na rede pública, o índice cai para 40%, mas ainda fica distante do recomendado pela OMS, que é de 15%.

A ANS tem um prazo de 60 dias para regulamentar as modificações, e, se descumprir, pagará multa diária de R$ 10 mil.

O que vocês acham dessa determinação?

Ver comentários