Notícia

Nenhuma escola de samba do Grupo Especial vai ser rebaixada

Decisão foi tomada em razão de acidentes envolvendo carros da Paraíso do Tuiuti e da Unidos da Tijuca

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio (Liesa) decidiu, durante reunião de emergência na tarde desta quarta-feira, que nenhuma escola do Grupo Especial será rebaixada para o Grupo de Acesso da Série A. A decisão foi tomada em razão dos acidentes envolvendo os carros da Paraíso do Tuiuti e da Unidos da Tijuca, que deixaram pelo menos 35 pessoas feridas.

Na reunião, estavam presentes diretores da Liesa e presidentes de todas as escolas de samba. A decisão foi em consenso com todos os presidentes das agremiações. As regras preveem que uma escola seja rebaixada para o Grupo de Acesso e outra, suba. Será mantida a ida de uma escola para Grupo Especial.

Carro da Unidos da Tijuca
Carro da Unidos da Tijuca
Foto: Reprodução/TV

Decisão semelhante já foi tomada pela Liesa em 2011, quando um incêndio na Cidade do Samba destruiu os barracões da Grande Rio, União da Ilha e Portela. A apuração das notas começa às 16h45m.

Enredo será quesito de desempate

O enredo será o quesito de desempate, seguido de mestre-sala e porta-bandeira. A apuração terá início às 17h45m desta quarta-feira, nos Setores 12 e 13 do Sambódromo. Caso ainda haja empate, os critérios seguintes para desempate serão: harmonia, evolução, comissão de frente, samba-enredo, fantasias, bateria e alegorias e adereços.

Ver comentários