Notícia

Travesti acusado de matar Policial Rodoviário na Mata da Praia vai a júri nesta quinta-feira (26)

O crime aconteceu no dia 30 de março do ano passado. O acusado nega ter atirado contra o policial

Jhon Wenner Reco Alves de Araújo, 22, preso e apresentado como o assassino do Policial Rodoviários Federal José Miguel do Sacramento
Jhon Wenner Reco Alves de Araújo, 22, preso e apresentado como o assassino do Policial Rodoviários Federal José Miguel do Sacramento
Foto: Marcos Fernandez

O travesti Jhon Wener Reco Alves de Araújo, 23 anos, acusado de matar um policial rodoviário federal a tiros na Mata da Praia, em Vitória, vai a júri nesta quinta-feira (25). Ele será julgado pela 1ª Vara Criminal de Vitória. 



O policial rodoviário federal João Miguel do Sacramento, 45 anos, foi morto a tiros dentro do carro dele

, na madrugada do dia 30 de março. O corpo do policial foi encontrado por moradores, por volta das 8 horas. O crime chocou a comunidade.



Miguel estava nu, usando um preservativo e sentado no banco do motorista. Peritos criminais encontraram quatro perfurações no corpo dele: duas no lado esquerdo, próximas ao pescoço, uma no lado esquerdo do rosto, perto do nariz e outra na testa.



Na tarde do dia do crime a polícia apreendeu Jhon Wener, também conhecido como John Lennon. Ele foi visto pelas câmeras de vigilâncias dos prédios vizinho e reconhecido por uma testemunha. O acusado na época negou que tinha cometido o crime, mas foi indiciado por homicídio qualificado.

 

Vídeo

 

Câmeras de monitoramento flagraram o acusado correndo pelas ruas do bairro após o crime.

 

Ver comentários