Notícia

Moradores dão abraço simbólico em casarão histórico de Santa Teresa

Protesto é contra derrubada de casarão para construção de ponte

Cantando o Hino Nacional, moradores de Santa Teresa, no Espírito Santo, deram ontem um abraço simbólico em um casarão que a prefeitura da cidade quer derrubar para dar espaço à construção de uma ponte por onde passarão caminhões pesados. Para os moradores, o prédio representa a história daquela que é a primeira colônia italiana do Brasil.

Um dos organizadores do abraço, Marcos Leão, defende que os imóveis do município devem ser tombados pelo Patrimônio Histórico.


“Sem o tombamento, não há como ter controle. Somos contra a demolição do casarão, pois a passagem de caminhões pesados vai danificar ainda mais a estrutura dos prédios localizados próximos ao local. Um deles é feito de estuque”, disse ele.

A arquiteta Priscila Pizziolo da Motta diz que não há um estudo sobre os impactos da construção de uma ponte. Já existe, segundo ela, um projeto para a construção de um contorno para a passagem de caminhões. “É uma incoerência derrubar a casa para a construção de ponte”, disse.

 

Moradores de Santa Teresa protestam contra demolição de prédio histórico no Centro da cidade
Moradores de Santa Teresa protestam contra demolição de prédio histórico no Centro da cidade
Foto: Marcos Fernandez


O prefeito Claumir Zamprogno também defende o contorno, mas diz que depende da ajuda do governo do Estado para fazer a obra.


Há 30 anos, o então prefeito Waldyr Loureiro quis derrubar o casarão, mas desistiu. Hoje, segundo Waldyr Loureiro Filho, sua família defende a preservação do imóvel. “Antes a cidade vivia da agricultura, mas hoje depende do turismo”, diz.


Para a historiadora e escritora Sandra Gasparini, a parte antiga da cidade deve ser preservada.

A Secretaria de Estado da Cultura recebeu o projeto de demolição da casa, e diz que fará a análise, juntamente com a Câmara de Patrimônio Arquitetônico, Bens Móveis e Acervos do Conselho Estadual de Cultura.

 

“Decisão está mantida”, diz prefeito

 

O Prefeito de Santa Teresa, Claumir Zamprogno (PSB), diz que mantém a decisão de construir a ponte. Ele promete publicar, nesta semana, no Diário Oficial, o Termo de Utilidade Pública e, em seguida, encaminhar à Câmara de Vereadores o projeto que visa a autorizar a desapropriação do casarão.


Zamprogno diz que a maior parte da população é a favor da derrubada do prédio. “Vereadores se mostram a favor. Moradores e comerciantes também. Quero entregar a ponte no dia 10 de dezembro”, diz.

Ver comentários