Notícia

EDP Escelsa vai fiscalizar ligações clandestinas no Sambão do Povo

Equipes técnicas da EDP percorrerão o entorno do local da festa, inspecionando e orientando sobre os riscos de intervenções irregulares na rede elétrica.

Sambão do Povo

A EDP Escelsa realizará inspeções preventivas no Sambão do Povo, durante o Carnaval de Vitória, para proibir a utilização de ligação clandestina durante a festa. Equipes técnicas percorrerão o entorno do local, inspecionando e orientando sobre os riscos de intervenções irregulares na rede elétrica.

Inúmeros riscos e prejuízos podem ser causados pelas ligações clandestinas, os populares ''gatos''. Entre eles, acidentes que podem ser fatais, queda da qualidade de energia, sobrecargas que levem à interrupção no fornecimento de luz e oscilações que queimam eletrodomésticos. 

A Distribuidora alerta ainda que entre os acidentes que podem ocorrer quando são realizadas ligações clandestinas, tanto para os usuários, bem como moradores, vizinhos e demais pessoas próximas à fiação irregular, estão o choque elétrico, curto circuito e incêndios. Além disso, a população pode sofrer com a falta de energia devido o rompimento de condutores e queima de transformadores, por exemplo.

Como solicitar a ligação provisória de energia

Com a ligação elétrica provisória regular, o cliente tem como garantia a qualidade e segurança no fornecimento de energia. Para solicitar o serviço, basta seguir as orientações:

· Para a utilização de espaços públicos, os clientes devem procurar previamente os órgãos competentes para obtenção dos alvarás e autorizações necessárias.

· De posso dos documentos de autorização dos órgãos públicos, os clientes devem comparecer na agência de atendimento da EDP e apresentar documento original com foto, CPF, memorial descritivo de carga elétrica, Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) expedida por profissional habilitado no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA) e telefone de contato. Caso o pedido seja feito em nome de terceiro, o solicitante terá de apresentar procuração registrada em cartório.

· Os prazos de ligação podem variar de acordo com a carga solicitada e com o local da instalação. Caso não haja a necessidade de obras de extensão ou reforço na rede existente, a ligação pode ser efetivada em até 5 dias úteis na área urbana ou em até 7 dias em área rural. No entanto, dependendo do local e da carga solicitada, podem ser necessárias obras na rede da concessionária e o prazo contará a partir da conclusão das obras.

· Os custos da energia elétrica serão cobrados do solicitante de forma antecipada, bem como das eventuais obras quando necessárias (instalação e retirada da rede).

· Para a ligação, o consumidor tem que realizar a montagem do padrão de entrada, conforme as normas técnicas disponíveis no site www.edp.com.br ou em qualquer agência de atendimento presencial. Com a regularização, o cliente tem como garantia a qualidade e segurança no fornecimento de energia.

A EDP ainda lembra que os ativos da rede, como postes e cabos, são patrimônios da distribuidora e não podem ser utilizados para fixar decorações.

Ver comentários