Notícia

Universitário é assaltado na porta de faculdade em Vila Velha

O bandido levou o carro, documentos e R$ 40 da vítima. O veículo e o criminoso não foram encontrados pela polícia

O caso erá investigado pelo delegado Tarcísio Otoni, na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV)
O caso erá investigado pelo delegado Tarcísio Otoni, na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV)
Foto: Divulgação

“Em determinado momento um homem se aproximou do carro. Ele era branco, magro, estatura mediana, vestia blusa social com listras nas cores azul e branco, calça social, óculos de grau e uma mochila. Parecia um estudante. Completamente fora de suspeita. Ele pediu que eu abrisse o carro. Sem desconfiar, abaixei o vidro”, lembrou.

Foi nesse momento que o criminoso sacou uma arma e apontou para a vítima, sem se intimidar com a grande movimentação no local. O bandido, que estava aparentemente tranquilo, falou ao universitário: “Fica calmo. Irei levar o seu carro. Sai e anda para a frente do veículo. Deixa o carro ligado. Depois eu vou abandonar (o Crossfox) em algum lugar”.

A vítima obedeceu as ordens e saiu do Crossfox. Mas pediu para pegar a carteira de estudante. O assaltante deixou que o documento fosse recolhido e o universitário pediu para pegar outros documentos. Foi então que o criminoso disse: “Não. Deixe no carro a identidade, a carteira de motorista e os cartões bancários. Posso precisar por uma questão de segurança”.

A vítima contou que não entendeu porque o bandido quis ficar com os documentos dele, mas obedeceu as exigências.

“Ele entrou no carro e fugiu em alta velocidade. Fico aliviado porque consegui manter a calma. De início até pensei que fosse brincadeira. Só depois que vi a arma apontada para mim que percebi que era sério. Além do carro e dos meus documentos, ele levou R$ 40. Mas o que importa é que minha vida foi preservada”, disse.

O veículo e o criminoso não foram encontrados pela polícia. O caso erá investigado pelo delegado Tarcísio Otoni, na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV).

Ver comentários