Notícia

Morre aos 60 anos o ambientalista André Ruschi

Filho de Augusto Ruschi, André estava internado no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra, onde sofreu uma parada respiratória e não resistiu

André Ruschi e Roberto Ruschi na Estação Biológica Augusto Ruschi, em 28 de janeiro
André Ruschi e Roberto Ruschi na Estação Biológica Augusto Ruschi, em 28 de janeiro
Foto: Acervo da família

Faleceu no início da noite desta segunda-feira (04), o biólogo e ambientalista capixaba André Ruschi. Ele sofreu uma parada respiratória e não resistiu.

O ambientalista estava internado no Hospital Jayme dos Santos Neves, na Serra, desde o dia 12 de março, com quadro de infecção generalizada. Nesse período foi submetido a sessões de hemodiálise e respirava com a ajuda de aparelhos.

Na noite do dia 27, André Ruschi teve seu quadro clínico agravado. Durante sessão de hemodiálise, sofreu uma parada cardíaca e teve que ser entubado e sedado.

De acordo com a filha, Anita Ruschi, o pai, que morava sozinho, estava com a saúde debilitada quando contraiu uma bactéria e precisou ser internado. 

Em nota, o Fórum Capixaba em Defesa do Rio Doce lamentou a morte do ambientalista e lembrou que, "Desde o rompimento da barragem de Fundão em Mariana (MG), André Ruschi denunciou incansavelmente as diversas consequências que esse crime ambiental traria para biodiversidade".

A nota destaca ainda que, "André Ruschi morreu, mas seu desejo de não ver o crime de Mariana cair no esquecimento, continuar impune e sem possibilidade nenhuma de ter suas consequências revertidas continua vivo na atuação do Fórum Capixaba das Entidades em Defesa do Rio Doce e de muitas outras iniciativas que compartilham desse sonho em comum".

André Ruschi será cremado no cemitério Parque da Paz, em Vila Velha. Ainda não há informação sobre o velório.

Legado 

Filho de Augusto Ruschi, de quem foi assistente, André foi responsável pela doação do Museu de Biologia Mello Leitão, em Santa Teresa, ao Patrimônio Histórico Nacional. Ele era ecólogo especializado em educação ambiental, sendo um dos pioneiros no país no assunto, além de fisioterapeuta e renomado ambientalista. Era detentor dos direitos autorias da obra de seu pai, assim como de todo seu acervo fotográfico.

O biólogo e diretor da Estação Biológica Marinha Augusto Ruschi implantou a educação ambiental no Brasil com o projeto "Arca de Noé". Representou o Brasil na RIO-92. A Arca de Noé foi escolhida pelo canal Futura com um dos 10 projetos mais importantes em realização no país.

Em comemoração do centenário do nascimento de Augusto Ruschi, completados no final do ano passado, André estava planejando várias ações de resgate de memória e exposição do acervo deixado por seu pai.

Ver comentários