Notícia

Postos de combustíveis no Espírito Santo começam a sofrer com faltas de gasolina e diesel

Empresários reclamam de atrasos e entregas em quantidade inferior à encomendada

Com estoques de combustível “na reserva”, postos no Espírito Santo começam a sofrer com faltas pontuais de gasolina e diesel.

Segundo empresários do setor, o problema está no fornecimento dos produtos, feito pela BR Distribuidora - subsidiária da Petrobras. Além de atrasos na entrega, o combustível está chegando aos postos em quantidade inferior à encomendada.

O proprietário de um posto no município da Serra, Leonardo Ceolin, afirma que o fornecimento do diesel está irregular desde a semana passada.

Ele conta que os pedidos de diesel S500 e S10 feitos à BR Distribuidora não foram plenamente atendidos. “Fiz a encomenda na sexta-feira de diesel S10, mas só recebi o produto ontem (segunda-feira) e ainda em quantidade inferior. Dos 10 mil litros solicitados, só foram entregues 5 mil litros, que já terão se esgotado nesta quarta”, contou.

Nesta quarta-feira (27), o Sindicato do Comércio Varejista dos Derivados de Petróleo do Estado do Espírito Santo (Sindipostos-ES) informou por meio de nota que não há previsão de abastecimento regular de combustível no Estado.

“Sabe-se que existem atrasos e entregas em quantidades inferiores às solicitadas pelos revendedores, o que já está provocando a falta de produto em alguns estabelecimentos”, informa a nota.

A Petrobras disse que está prevista a chegada de um navio de gasolina no porto de Tubarão ainda nesta quarta-feira (27). A nota da empresa informa que “a descarga dos navios em Tubarão depende da priorização feita pela autoridade portuária local. A gestão dos estoques de gasolina é de responsabilidade das distribuidoras que operam na região”.

A estatal, no entanto, não respondeu ao questionamento da reportagem sobre os motivos da irregularidade na distribuição dos combustíveis.

Ver comentários