Notícia

Área de lazer de condomínio de luxo desaba sobre garagem subterrânea na Enseada do Suá, em Vitória

O Corpo de Bombeiros, perícia e policiais militares estão no local. Há suspeita de que uma explosão de gás possa ter causado o desabamento

Quatro pessoas ficaram feridas e pelo menos uma pessoa está desaparecida após a área de lazer do condomínio Grand Parc Residencial Resort, na Enseada do Suá, em Vitória, desabar sobre a garagem subterrânea na madrugada desta terça-feira (19).

O Corpo de Bombeiros, perícia e policiais militares estão no local desde as 3h. A Secretaria de Segurança Pública do Espírito Santo (Sesp) informou que há suspeita de que uma explosão de gás possa ter causado o desabamento. Veja a tensão de vizinhos e parentes de moradores.

Moradores tiveram que deixar os apartamentos imediatamente. Muitos estão hospedados em hotéis na região. Com a saúde fragilizada, o pastor Oliveira desceu 19 andares de escada após estrondo em condomínio na Enseada. 

Feridos

O síndico e três porteiros ficaram feridos no desabamento. Um quarto

funcionário do condomínio está desaparecido

. Ele foi identificado como Dejair das Neves, 47 anos, três deles trabalhando no Grand Parc. Os bombeiros estão usando cães farejadores para tentar encontrá-lo.

Veja mais fotos do desabamento


Segundo o major Ferrari, do Corpo de Bombeiros, um rádio comunicador foi achado, mas está sem resposta. "Na guarita onde possivelmente o funcionário estava nós fizemos uma varredura inicial, mas sem sucesso. Estamos aguardando a presença do engenheiro responsável pela obra para ver até onde a gente pode ir com o maquinário", afirmou Ferrari.

O major salientou, também, que é necessário ver se as torres de prédio, que foram evacuadas, estão seguras.

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea-ES), Helder Carnielli, informou que

, em análise inicial, os documentos do condomínio de luxo Grand Parc estão todos corretos.

 

De acordo com Carnielli, o conselho está acompanhando junto à Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros para determinar o real motivo do desabamento, que ocorreu por volta das 3h desta terça-feira (19). O secretário de Estado de Segurança, André Garcia, também acompanha a movimentação no local.

Barulho

Ainda durante a madrugada, moradores alertaram ao síndico que estavam ouvindo estalos na estrutura do condomínio. Foi nesse momento que o síndico desceu para averiguar a situação e foi surpreendido pelo desabamento da estrutura. No acidente, ele teve uma perna quebrada e foi socorrido pelo Samu.

O outro lado

Veja abaixo a nota da Cyrela, empresa responsável pelo empreendimento.

"Fomos surpreendidos pela informação que, por volta das 3 horas desta madrugada, houve um desabamento da área externa do Grand Parc Residencial Resort (em Vitória, ES), empreendimento construído pela Incortel Incorporações e Construções Ltda., sócio responsável pela obra. As empresas afirmam que estão apurando internamente as possíveis causas do ocorrido e que estão colaborando integralmente com as autoridades locais".

Trânsito

Em virtude do desabamento, o trânsito ficará totalmente interditado em frente ao Palácio do Café, no sentido Praia do Canto – Centro.

Os usuários do Sistema Transcol também devem ficar atentos, como alerta o Governo do Estado em nota. "As linhas que passam pela Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, no sentido Centro de Vitoria, devem ficar atentos ao desvio na região próxima à Praça do Papa, onde ocorreu o desabamento da área de lazer do condomínio Grand Parc Residencial Resort, na madrugada desta terça-feira (19). Os ônibus estão passando por dentro da Praia do Suá, conforme orientação da Guarda Municipal de Vitória.

As linhas 505, 512, 514, 515, 523, 528, 532, 542 e 572 estão passando pela Rua Clóvis Machado e pela Avenida João Batista Parra para retornar à Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, de onde os ônibus seguem normalmente seus itinerários. Na região o trânsito é lento. A interdição da Avenida Nossa Senhora dos Navegantes ocorre apenas no sentido Enseada do Suá / Centro de Vitória". 

Ver comentários