Notícia

PM "pede autorização" para sair de quartel, mas mulheres dizem não

No vídeo, é possível ver o encarregado do policiamento no dia da gravação, o subtenente Lausinei, como ele mesmo se identifica, dizendo que apoia o movimento, mas pedindo autorização para sair às ruas

PM pede autorização para sair de quartel, mas mulheres dizem não
PM pede autorização para sair de quartel, mas mulheres dizem não
Foto: Reprodução

Um vídeo de policiais conversando com familiares em frente ao 8° Batalhão da Polícia Militar, em Colatina, viralizou nas redes sociais. As imagens (veja vídeo abaixo) mostram o diálogo entre um subtenente e mulheres que impedem a saída dos militares.

Leia também: secretário chama de "teatrinho" vídeo de PM tentando sair de batalhão

No vídeo, é possível ver o encarregado do policiamento no dia da gravação, o subtenente Lausinei, como ele mesmo se identifica, dizendo que apoia o movimento, mas pedindo autorização para sair às ruas.

"Eu apoio o movimento de vocês. No entanto, estou aqui como comandante do policiamento e eu tenho uma determinação a cumprir. Conforme a ordem do subcomandante-geral, nós temos que colocar o policiamento na rua, até para dar a segurança necessária. Só que a gente não está aqui para furar movimento nenhum. Eu vim aqui pedir a compreensão de vocês, para a gente poder colocar o policiamento na rua."

E continua: "Eu queria saber se vocês vão autorizar, se vocês vão colaborar, seu eu posso sair com policiamento". E elas respondem: "Não, não."

Em um ponto da gravação, chama a atenção um policial gravando o diálogo de outro ângulo, que pede para não ser filmado. 

Ao longo das imagens, o subtenente pede que as mulheres registrem a conversa, para ter o respaldo de que tentaram dialogar com elas, mas não foi permitido que o policiamento saísse do batalhão. 

Vídeos mostram alguns acontecimentos durante os dias sem policiamento:

Um grupo de jovens dentro de uma picape Hillux... por GazetaOnline

Ver comentários