Notícia

Tenente-coronel da Polícia Militar surta e é hospitalizado

Foresti estava sob muito estresse nos últimos dias e surtou ao saber da notícia de que policiais militares tinham sido baleados em Flexal

O tenente-coronel Carlos Alberto Foresti foi hospitalizado na tarde desta quarta-feira (8) após ter uma crise nervosa enquanto estava a serviço. O militar é chefe do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), no Ciodes.

Segundo informações do major Roger Almeida, vice-presidente da Associação dos Oficiais Militares do Espírito Santo (Assomes), Foresti estava sob muito estresse nos últimos dias e surtou ao saber da notícia de que policiais militares tinham sido baleados em Flexal, Cariacica. Horas antes, ele havia alertado sobre o perigo de enviar policiais sozinhos para as ruas.

Quando soube do crime, Foresti ordenou os militares que trabalham no Ciodes para desligar os rádios. Percebendo que o tenente-coronel estava muito alterado, colegas o levaram para uma sala separada e ele foi encaminhado a um hospital.

Um coronel que também trabalha no Ciodes e estava próximo do fato o levou para o Hospital da Polícia Militar onde ele foi medicado. (Com informações de Vilmara Fernandes)

Ver comentários