Notícia

Jovens de unidades socioeducativas terão oferta de mil cursos profissionalizantes

Os cursos compreendem os eixos de Comércio Exterior, Eventos, Gastronomia, Modelagem de Vestuário, Produção de Moda, Rádio e TV, Rede de Computadores, Administração e Informática

Uma ação do Governo do Estado está permitindo a oferta de mais de mil capacitações em quase 60 áreas diferentes para os internos de unidades socioeducativas da Grande Vitória. As formações já começaram e estão acontecendo dentro das unidades.

Na manhã desta segunda-feira (27), foi assinada a Portaria Conjunta entre a Secretaria de Estado de Direitos Humanos (Sedh), o Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) e a Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), que normatiza a parceria.

As capacitações envolvem 59 cursos diferentes, em dez áreas
As capacitações envolvem 59 cursos diferentes, em dez áreas
Foto: Divulgação

“Acreditar só na internação é acreditar no fracasso das outras políticas. Por isso, nós queremos fortalecer as medidas em meio aberto. De qualquer forma, dentro da internação, temos mudanças necessárias e é isso que estamos celebrando hoje. Cuidar da juventude é dever do Estado, da sociedade, de todos, diante do princípio da incompletude institucional. Quando unimos nossas forças, somos capazes de grandes transformações. Em meio a crises, conseguimos botar de pé ações concretas”, disse o secretário de Estado de Direitos Humanos, Júlio Pompeu.

Os cursos compreendem os eixos de Comércio Exterior, Eventos, Gastronomia, Modelagem de Vestuário, Produção de Moda, Rádio e TV, Rede de Computadores, Administração e Informática e, desde o início deste mês, 214 jovens de seis unidades socioeducativas já estão sendo capacitados em cinco formações diferentes dentro de duas destas áreas.

“A gente se reinventou para estar presente nesse projeto. Hoje, existem novas profissões e nós queremos entender o que os jovens querem para atender a esses desejos. Queremos melhorar as capacidades técnicas para atuar nesses novos mercados. Somos transversais, podemos ajudar com soluções inovadoras, já que a ciência está presente em tudo. Estamos muito entusiasmados com esta parceria”, disse Camila Dalla Brandão, subsecretária da Secti.

Antes do início das aulas, os professores da Secti passaram por uma formação inicial para entenderem as particularidades de segurança, a rotina das unidades e a estrutura organizacional do Iases. 

"Para nós, é uma alegria muito grande ver que uma conversa iniciada no ano passado chegou a este resultado. Sabemos que temos desafios, mas já conquistamos muito", frisou a diretora-presidente do Iases, Alcione Potratz.

Participaram da solenidade de assinatura da Portaria Conjunta a desembargadora Eliana Munhoz, supervisora das Varas da Infância e Juventude do Estado; juízes que atuam na área da Infância e da Juventude; promotores de justiça; a diretoria do Iases; representantes do Ministério dos Direitos Humanos, do Governo Federal; e adolescentes que cumprem medida de internação na Grande Vitória e que já estão fazendo cursos. Na ocasião, eles compartilharam a experiência vivida no decorrer das formações.

Ver comentários