Notícia

Ônibus do acidente em Guarapari já tombou no mesmo trecho. É verdade?

Internautas questionam a possibilidade de o mesmo veículo ter se envolvido em um acidente no mesmo trecho da BR 101, um ano antes

Uma infeliz coincidência liga o ônibus da viação Águia Branca envolvido na tragédia que resultou na morte de 22 pessoas na quinta-feira (22), em Guarapari-ES, a outro acidente: um ano antes, o mesmo veículo tombou no mesmo trecho da BR 101, operando a linha São Paulo-Vitória, também numa quinta-feira, praticamente no mesmo horário. A distância entre os dois acidentes é de apenas 30 quilômetros.

A hipótese de que o veículo, de placa ODF 8302, tombou no ano passado foi levantada por internautas ao Gazeta Online e confirmada pela reportagem por meio de fotos e vídeos dos dois acidentes.

Vítima postou em rede social foto do ônibus em São Paulo, antes do acidente
Vítima postou em rede social foto do ônibus em São Paulo, antes do acidente
Foto: Reprodução / Facebook

A foto do ônibus antes do acidente foi postada por uma das vítimas que morreu, o designer gráfico Fubú Ramos, morador de Colatina. A vítima lutava contra um câncer de próstata e postou numa rede social a foto do ônibus na rodoviária de São Paulo, na tarde desta quarta-feira (21), com a legenda “Partiu casa #Vix”.

Em 12 de maio de 2016, o ônibus transportava 34 passageiros quando o motorista perdeu o controle do veículo e tombou na pista, interditando as duas vias. Seis pessoas foram encaminhadas para hospitais da região. Não foram registradas mortes. O motorista alegou pane mecânica. A Águia Branca prometeu na época averiguar as causas do acidente. 

Ônibus que pegou fogo em acidente com 22 mortes no ES havia tombado em 2016
Ônibus que pegou fogo em acidente com 22 mortes no ES havia tombado em 2016
Foto: Montagem / G1 ES

Veja fotos do acidente de 2016

Em 2001, ônibus bateu em granito no mesmo local

Outro grave acidente praticamente no mesmo trecho ocorreu na madrugada de 6 de dezembro de 2001, no Km 340,8 da rodovia BR-101 Sul, na localidade de Muriquioca, em Guarapari. Um ônibus da Viação São Geraldo - que seguia de São Paulo para Valença, na Bahia - chocou-se num bloco de granito com mais de 30 toneladas. Três passageiros morreram e 34 das 42 pessoas que viajavam ficaram feridas. 

Em 2011, Miss Brasil se acidentou no mesmo trecho

Em 27 de dezembro de 2011, a Miss Brasil 2010, Débora Lyra, se acidentou no quilômetro 341 da BR-101, em Guarapari. Na ocasião, uma pessoa morreu e outras seis ficaram feridas. No dia 22 de junho de 2017, seis anos depois, uma batida envolvendo um caminhão, um ônibus e duas ambulância deixa ao menos 22 pessoas mortas e sete gravemente feridas no quilômetro 343 da mesma rodovia.

Acidente desta quinta é o pior da história do ES

Segundo a própria Polícia Rodoviária Federal (PRF), a tragédia deste ano foi a pior já registrada nas rodovias que cortam o Espírito Santo. O superintendente da PRF no Estado, Wylis Lyra, afirma ainda que nenhuma balança da BR-101 está funcionando, o que dificulta a fiscalização de carretas que trafegam na via com o peso acima do permitido. No acidente desta quinta-feira (22), verificou-se que o caminhão, que carregava uma pedra de granito, estava com 11 toneladas na carga a mais do que o permitido.

 

Ver comentários