Notícia

Acusado de mandar matar ex, Hilário sai da cadeia para ir ao dentista

Sem algemas, Hilário foi escoltado por quatro policiais, em carro descaracterizado da Polícia Civil

Ex-marido de médica, Hilário tem saída da prisão para tratamento em dentista
Ex-marido de médica, Hilário tem saída da prisão para tratamento em dentista
Foto: Edson Chagas

O acusado de ser um dos mandantes do assassinato da médica Milena Gottardi saiu da Delegacia de Novo México, em Vila Velha, para ir ao dentista na manhã desta segunda-feira (30). Hilário Frasson foi ao consultório, localizado na Praia do Canto, em Vitória.

A equipe de A GAZETA, que está no local, constatou que o policial civil chegou em um carro descaracterizado da Polícia Civil. Uma viatura da PC também participou da ação. Sem algemas, Hilário foi escoltado por quatro policiais.

Ele mesmo tocou o interfone e entrou no consultório. O ex-marido da médica não quis falar com a imprensa. Logo após a entrada de Hilário Frasson no prédio, um dos policiais voltou à rua, manobrou o carro levou Hilário e entrou com o veículo na garagem do edifício.

Um casal que estava no mesmo consultório contou à reportagem que o Hilário chegou, esperou cerca de dois minutos sentado e já entrou para ser atendido, às 9h15.

VEJA VÍDEO:

SECRETARIA DE SEGURANÇA

Questionada pela reportagem do Gazeta Online desde as 10h08 desta segunda-feira (30), a Secretaria de Estado da Segurança Pública ainda não informou:

- Por que Hilário saiu da prisão?

- Ele tinha autorização para sair?

- Quem eram as pessoas que estavam com ele?

- Ele não estava algemado. Deveria estar? Qual o procedimento nesses casos?

Ver comentários