Notícia

Homem que estava na Terceira Ponte não fugia da polícia

Mensagens disseminadas via WhatsApp e Facebook afirmavam que o homem que ameaçou se jogar era um bandido em fuga; essa informação é falsa, segundo a Sesp

Terceira Ponte

Na tarde da última segunda-feira (10) a Terceira Ponte ficou bloqueada por quase oito horas devido a um rapaz que tentava tirar a própria vida. Equipes de polícia e do Corpo de Bombeiros foram acionadas para dar início ao resgate que durou cerca de oito horas.

A falta de empatia de algumas pessoas quase atrapalhou o trabalho dos bombeiros — que informaram que foguetes foram soltos em direção ao resgatado e até mesmo focos de luz foram direcionados contra a vítima. Agora, mensagens disseminadas via WhatsApp e Facebook afirmam que o homem ameaçava se jogar porque estava fugindo da polícia.

> Veja outras publicações da seção "Passando a Limpo"

 "Isso tudo porque o cara não queria ser preso. Estava assaltando e fez esse teatro todo, ameaçando pular. Ah, para...", acusou um internauta. "Há alguma fonte confiável que o sujeito estava fugindo da polícia?", retrucava o outro internauta.

Foto: Reprodução

A reportagem acionou a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), que informou, por meio de nota, que não há informação de que o homem estaria fugindo da polícia. A nota ainda reforçou que, de acordo com o boletim do Ciodes, ele foi conduzido para um tratamento médico pelo resgate da Rodosol.

Foto: Reprodução

> Governo define modelo de barreira e vai assumir obra na Terceira Ponte

Ver comentários