Notícia

Irmãs arrecadam doações para diarista que teve corpo queimado pelo ex

Lívia e Mariana pedem que as pessoas doem roupa de cama e de banho, além de material de limpeza

Diarista que teve quase metade do corpo queimado por ex-marido volta para casa no Espírito Santo
Diarista que teve quase metade do corpo queimado por ex-marido volta para casa no Espírito Santo
Foto: Oliveira Alves | TV Gazeta

Sensibilizadas com a história da diarista Marciane Pereira dos Santos, que teve quase metade do corpo queimado pelo ex-marido, as irmãs Lívia e Mariana Siqueira Campos, 35 e 38 anos, respectivamente, estão criando uma rede de doações para ajudar Marciane que, após 151 dias internada, teve alta do hospital.

Ela voltou para casa na última sexta-feira (8). As queimaduras deixaram sequelas profundas. Ela ainda vai passar por cirurgias reparadoras. Apesar do tratamento doloroso, ela não pensa em desistir. “Eu falo para as pessoas: Não desista, independentemente da situação, da luta, seja uma doença, um desemprego, ainda há uma esperança. Como eu tive a minha”, disse em entrevista ao Gazeta Online.

> "Nunca desista", diz diarista que sobreviveu a ataque do ex na Serra

As irmãs souberam da história de Marciane na imprensa e nas redes sociais e, de pronto, se solidarizaram com o drama pelo qual a diarista está passando. “Nós ficamos tocadas com a história, vimos as fotos dela com os filhos, parecia ser uma mulher feliz. Agora não sabemos como vai seguir com a vida. Ficamos indignadas com o ex-marido! Estamos alarmadas com a situação de mulheres vulneráveis. Queremos ajudar mais nessa causa. E pensamos que dessa vez não seria só mais uma notícia triste que veríamos no jornal por isso, resolvemos agir também.”, explica Lívia.

Marciane Pereira dos Santos em foto de arquivo
Marciane Pereira dos Santos em foto de arquivo
Foto: Arquivo da família

Lívia e Mariana, então, mandaram mensagens para grupos de amigos pedindo doações para Marciane. De sexta-feira (8) até domingo (10) elas arrecadaram alimentos, uma quantia em dinheiro e levaram na casa da diarista, na Serra. Lá, em conversa com a irmã de Marciane, foram informadas que os vizinhos doaram alguns alimentos e, o que elas mais precisam agora é de roupa de cama e banho, além de material de limpeza.

Lívia afirma que quantias em dinheiro também são bem-vindas e serão destinadas para pagar o aluguel da casa. No imóvel moram Marciane com os dois filhos, a irmã e os cinco sobrinhos.

As irmãs Lívia e Mariana estão recolhendo as doações. O telefone delas é (27) 99602-9744 (Lívia) e (27) 98190-6700 (Mariana). As doações em dinheiro podem ser feitas através do Picpay  @mariana.siqueira.campos. Toda quantia arrecadada estará em uma relação pública.

CRIME

A diarista teve o corpo incendiado na casa onde mora, no bairro Jardim Tropical na Serra, no dia 8 de setembro de 2018. A vítima mora com os dois filhos, de 5 e 2 anos. Segundo testemunhas, ela voltava para casa quando foi surpreendida e encurralada pelo ex-marido, que cometeu o crime.

O ex-marido de Marciane é o acusado do crime. André Luiz dos Santos, que é cadeirante, responde por tentativa de homicídio e está preso desde 12 de setembro. À polícia, ele confessou o crime e disse que foi motivado por ciúmes da vítima.

Ver comentários