Notícia

Criança atropelada na Serra vai passar por nova cirurgia

O quadro de saúde de Miguel é estável, mas o caso é considerado grave; o menino será transferido de hospital

Criança é atropelada na Serra
Criança é atropelada na Serra
Foto: Reprodução

O menino de 9 anos que foi atropelado no início da tarde da última quinta-feira (30) no bairro Praia da Baleia, na Serra, vai passar por uma nova cirurgia ainda esta semana. O estado de saúde de Miguel Muniz de Almeida é grave, porém, estável. A reportagem do Gazeta Online conversou nesta terça-feira (4) com a mãe do menino, Daiana Aparecida Gomes, que contou detalhes sobre o quadro de Miguel.

Ele será transferido para um hospital pediátrico na Praia do Canto porque o Hospital Infantil de Vitória não oferece estruturas para fazer a reconstrução do joelho dele. Lá poderemos acompanhar de perto e nos informaram, também, que as demandas de lá são menores
Daiana Aparecida Gomes, mãe de Miguel

Por conta do atropelamento, Miguel quebrou o fêmur e a rótula do joelho direito partiu em quatro pedaços. Ele ainda teve dois cortes grandes na cabeça e a bacia saiu do lugar, de modo que ele não pode se movimentar e nem levantar. Miguel ainda está com sangue no pulmão e no abdômen e um corte grande nas nádegas, muitos pinos no fêmur e na rótula do joelho.

VEJA VÍDEO DO ATROPELAMENTO 

As imagens são consideradas fortes

"Ele não consegue dormir, não consegue apoiar o pescoço... Tenho muita coisa para resolver, está difícil. A escola me ligou querendo saber notícias... Hoje fui em casa para cuidar dos meus outros filhos mas já estou voltando para o hospital", disse Daiana, que trabalha como porteira e faz faxina nas horas vagas.

> Médico sofre infarto e morre dentro de carro na Serra

Questionada se a família está precisando de alguma ajuda, ela explica que o filho precisa de algumas almofadas de conforto para usar nas pernas e no pescoço. "Como ele está imóvel, está precisando desses itens específicos para ficar confortável. O estado de saúde dele é grave mas ele está estável. A gravidade maior é a perna. Corre o risco dele não andar, mas o dia de amanhã pertence a Deus", desabafou.

Até esta sexta-feira (7), Miguel deve passar por nova cirurgia de reconstrução do joelho. Nesta terça (4), ele fez exames pré-operatórios, como raio-x e outros procedimentos.

Ele será transferido ainda hoje para um hospital pediátrico na Praia do Canto porque o Hospital Infantil de Vitória não oferece estruturas para fazer a reconstrução do joelho dele. Lá poderemos acompanhar de perto e nos informaram, também, que as demandas de lá são menores
Daiana Aparecida Gomes, mãe de Miguel

Quem quiser ajudar com as almofadas de conforto para Miguel, pode entrar em contato diretamente com a Daiana pelo telefone (27) 98867-7275.

Ver comentários