Notícia

Instagram encerra o Direct, seu app de mensagens diretas

Aplicativo nunca decolou e empresa focará esforços em seu app principal

Instagram encerrou o Direct e focará no app principal
Instagram encerrou o Direct e focará no app principal
Foto: Estadão

O app Direct, que possibilita o usuário do Instagram ler suas mensagens diretas sem abrir o aplicativo principal, será encerrado. O Instagram não deu nenhum motivo para a decisão, mas informou em notificação no Direct que: "No próximo mês, o aplicativo não será mais suportado" e garantiu que as conversas serão enviados automaticamente para a rede principal sem que o usuário "precise fazer nada".

Em comunicado enviado ao site TechCrunch, a empresa confirma que está encerrando os testes do aplicativo direto autônomo lançado no final de 2017 para iOS e Android em países como Uruguai, Chile, Turquia, Itália, Portugal e Israel, com o objetivo de competir com o Snapchat.

Leia também

O Instagram nunca revelou em quantos mercados o Direct foi lançado, mas na versão iOS - que não recebia atualização desde dezembro - existia uma variedade muito maior de idiomas para a quantidade de países em que o app estava disponível.

De acordo com o levantamento feito pela SensorTower, o aplicativo nunca chegou a ser popular como sua versão principal. Estima-se em um número de 1,35 milhão de instalações em todo o mundo na App Store e no Google Play, sendo 567 mildesses usuários apenas na Turquia, seguido pela Itália, com 500 mil.

Apesar do encerramento do aplicativo, a empresa informou que continuará desenvolvendo os recursos do Direct dentro do Instagram. Testes e lançamentos de novos recursos que incluem criptografia em mensagens diretas, a capacidade de assistir a vídeos com outras pessoas e uma versão da Web do recurso de mensagem direta serão incorporados aos poucos na rede social.

Ver comentários