Notícia

Cadastro desatualizado 'bloqueia' saques de trabalhadores ao FGTS

Trabalhadores com dois números de PIS e que ficaram sem a "baixa" na carteira de trabalho relatam dificuldades para sacar o benefício.

Primeiro dia para fazer saques às contas inativas do FGTS levou milhares às agências da Caixa
Primeiro dia para fazer saques às contas inativas do FGTS levou milhares às agências da Caixa
Foto: Rafael Silva

Mesmo tendo direito ao saque das contas inativas do FGTS, muitos trabalhadores ainda não conseguiram sacar o benefício. Nas filas de espera para o atendimento não é difícil encontrar quem tenha enfrentado dificuldades para resgatar os valores depositados no fundo de garantia.

É o caso da design Fernanda Castelan e de seu marido, o técnico em segurança do trabalho Eduardo Coco. Aniversariantes do mês de fevereiro e com contas ativas na Caixa, ambos foram aos caixas eletrônicos na sexta-feira (10) a fim de retirar o dinheiro, mas na hora de imprimir o extrato, o valor que havia sido disponibilizado não estava mais lá.

"A gente começou a se preocupar, fomos até a atendente para ver o que tinha acontecido e eles falaram que o dinheiro havia sido liberado, mas foi bloqueado pelo sistema. Como já temos conta no banco, era para o dinheiro cair direto. A gente passou por três agências, pensando que o problema poderia ser do local onde a gente foi sacar. Não nos deram nenhuma justificativa, disseram que o que a gente poderia fazer era ir nas agências todos os dias checar se o benefício estava disponível", relata Fernanda.

De acordo com a Caixa, Eduardo e Fernanda, assim como outros trabalhadores, apresentavam "inconsistências cadastrais" em seus dados pessoais, o que travava a disponibilização dos pagamentos.

Entre os casos mais comuns, estão beneficiados que possuem dois números de PIS, duas carteiras de trabalho ou que ainda não possuem a data em que foi dado baixa na carteira de trabalho, após saírem da empresa em que trabalhavam.

A orientação é para que os trabalhadores procurem os guichês exclusivos de atendimento ao FGTS, portando os documentos pessoais e a carteira de trabalho, para os devidos acertos no sistema e posterior recebimento dos valores existentes nas contas inativas do FGTS.

Ver comentários