Notícia

Ex-presidente da Samarco será assessor da Federação das Indústrias

Ricardo Vescovi não será remunerado e vai cuidar, entre outros setores, da gestão da federação

Ricardo Vescovi será assessor não remunerado da Findes
Ricardo Vescovi será assessor não remunerado da Findes
Foto: Reprodução/TV Globo

Ricardo Vescovi, presidente da Samarco quando a mineradora provocou a tragédia ambiental no Rio Doce em novembro de 2015, vai ser assessor da Federação das Indústrias do Estado. O presidente da Findes, Leo de Castro, que assumiu o cargo há 40 dias, disse que Vescovi não será remunerado e vai cuidar, entre outros setores, da gestão da federação. A informação é do jornalista Leonel Ximenes, de A GAZETA.

Fim do Impostômetro e cortes de gastos

Aliás, o tempo é de austeridade total na Findes. Além de ter demitido 170 funcionários, Leo de Castro determinou a desativação do Impostômetro em frente à sede da federação. A manutenção e operação do painel eletrônico custavam R$ 200 mil anuais. Os números da carga tributária podem ser conferidos agora no site www.sistemafindes.org.br.

Os cortes de gastos se devem, segundo a Findes, em uma estimativa de queda de receita no repasse de recursos para a Federação, em razão da queda da atividade econômica. Para 2018, somente no Espírito Santo, a previsão é de queda de 10% na receita compulsória do Sesi e de 11% no Senai. Apesar do volume menor de recursos, nenhum produto ou serviço ofertado à população será afetado.

O Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) são instituições privadas, administradas e mantidas pela indústria brasileira.

(Com informações de Rafael Silva)

 

Ver comentários