Notícia

Empresas que usam energia renovável podem ter redução de impostos

Governo do ES estuda redução da tributação; empresas que consomem até cinco megawatts mensais seriam contempladas pelo benefício

Renato Casagrande em coletiva sobre energias renováveis
Renato Casagrande em coletiva sobre energias renováveis
Foto: Helio Filho/Secom-ES

O Governo do Estado quer reduzir a carga tributária para empresas que adotarem a energia renovável em suas unidades. De acordo com o governador Renato Casagrande, em coletiva na tarde desta segunda-feira (18), a ideia está sendo estudada e deve valer para aquelas companhias que tiverem consumo de até cinco megawatts mensais.

"Já existe hoje uma decisão tomada pelo governo de fazer uma redução da carga tributária, até um certo nível, de acordo com a quantidade de geração que ela tiver. Já temos uma demanda referente às empresas que produzirem até cinco megawatts de energia", comenta.

> Geração compartilhada faz conta de luz cair até 80%

Para que essa redução de tributos seja adotada, segundo Casagrande, primeiro será preciso que o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) aprove a proposta. O governador não deu prazos ou detalhes de como a política deverá funcionar.

RESIDÊNCIA OFICIAL

Também durante a coletiva, Casagrande comentou que quer transformar residência oficial do governador em uma unidade modelo de produção de energias renováveis. De acordo com Casagrande, a ideia, que já está em conversa com a EDP, é implantar, entre outras tecnologias, painéis solares. "Estudantes de ensino médio e de faculdades poderão visitar a casa. Além da EDP, a Brametal também deve fazer parte desse projeto de implantação de geração energética em sua planta", diz.

> Procon vai criar comissão para investigar aumentos na conta de luz

Ver comentários