Notícia

Reforma em condomínio valoriza preço em até 20%

Especialistas defendem que áreas comuns revitalizadas impactam no valor das unidades

Localização e metragem são fatores determinantes para o preço do imóvel. No entanto, muita gente se esquece que o estado do condomínio influencia, e muito, no valor final do patrimônio. Por isso, uma reforma de fachada ou nas áreas comuns é sempre bem-vinda.

Segundo o diretor da Marco Condominial, Marco Aurélio Nery, um condomínio revitalizado rende de 5% a 20% de valorização para as unidades. “Uma simples pintura já faz diferença, mas modernizar a fachada, ou fazer de uma área vazia um novo item de lazer representa mais. O ganho é no valor patrimonial e no bem-estar dos moradores.”

O itens de lazer são atrativos para qualquer residencial, entretanto, como explica a arquiteta Lorrayne Zucolotto, eles precisam estar sempre conservados. “Estes espaços devem causar boa impressão e serem locais aconchegantes, pois é onde os moradores receberão suas visitas. Por isso, a importância de serem bem cuidados. Não adianta ter uma área de lazer grande, mas mal conservada”, analisa.

Se, por um lado, as benfeitorias no condomínio podem valorizar a unidade, por outro, as áreas comuns ultrapassadas e sem manutenção podem afastar compradores. “Muitas vezes a má aparência de um edifício já é suficiente para desvalorizar sua unidade, sendo que uma fachada renovada e moderna pode ser determinante para a diferença de preços entre dois apartamentos iguais em prédios semelhantes da mesma idade”, afirma Lorrayne.

Quem acha que a fachada ou as áreas comuns do condomínio precisam passar por reformas pode propor as mudanças em assembleia. “Alguns regimentos determinam que a aprovação seja total entre os condôminos, outros preveem maioria. Mas é muito comum que os proprietários queiram valorizar seu patrimônio. Se a ideia não for aprovada, é possível esperar um momento financeiro melhor para todos, já que isso resulta em cota extra”, explica Nery.

O especialista diz que uma das saídas é preparar um fundo prévio para reformas. “É interessante montar um calendário, fazer aos poucos. Tudo para melhorar o local sem doer no bolso.”

Ver comentários