Notícia

Condomínios com pomar são tendência na Grande Vitória

Terreno com quintal também é possível para quem vive em prédios e condomínios verticais

Há condomínios com pomares, hortas e jardins compartilhados, para que os moradores se conectem à natureza
Há condomínios com pomares, hortas e jardins compartilhados, para que os moradores se conectem à natureza
Foto: freepik

Colher uma verdura ou um legume do pé antes de preparar uma refeição parece um privilégio de quem mora no interior, ou tem uma casa com quintal. Mas também é possível para quem vive em prédios e condomínios verticais na Grande Vitória.

Segundo Lucas Weber, diretor da Associação de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-ES), as hortas, pomares e jardins aproximam os moradores da natureza e trazem mais praticidade. “Os condôminos têm acesso a alimentos naturais e saudáveis sem sair de casa. Além disso, estes espaços promovem a interação entre os moradores e trabalha a educação ambiental com as crianças”.

Leia também

O edifício Parque Vila Safira, da MRV Engenharia, em Vila Bethânia, Viana, teráum pomar de aproximadamente 95m². Está programado o plantio de diversos tipos de frutas, como manga, laranja, mexerica, amora, acerola e limão. As unidades terão dois quartos e preço inicial de R$ 137 mil.

Na Serra, a Morar Construtora aposta na tendência dentro do Vista doBosque, com imóveis de dois quartos. No Centro, terá pomar coletivo e área para plantio de árvores e plantas. Além disso, algumas unidades terão quintal privativo, onde os moradores poderão plantar a sua própria horta. Os apartamentospartem de R$ 124 mil.

Ainda no município, o Via Jardins, da Metron, em Morada de Laranjeiras, também terá apartamentos no térreo com quintal privativo que permitirá o cultivo de plantas.As unidades terão um e dois quartos, a partir de R$ 167.911.

Na Capital, a RS Construtora investe no Reserva Mata da Praia. O condomínio terá casas com quatro e cinco suítes, na Mata da Praia. Todas terão espaço para jardins. Os valores partem de R$ 3.257.000.

Em Guarapari, a Cristal Empreendimentos comercializa terrenos com, no mínimo, 300 m2 noBoulevard Mar D’ulé. NaPraia D’Ulé, possui espaço de uso coletivo com 3 mil m² de área para plantio. Além disso, tem horta e pomar. Os preços dos terrenos partem de R$ 238 mil.

De acordo com o psicólogo Felipe Goggi, ter contato com a natureza dentro da cidade ajuda a manter a saúde física e mental. “Diante da rotina estressante e dos afazeres repetitivos, os espaços verdes podem ser revigorantes, com efeito terapêutico.”

 

 

Ver comentários