Notícia

Apartamento ganha quintal e clima de casa

As chamadas unidades "garden" têm área externa privativa que amplia lazer

No Via Jardins, quintal do primeiro andar é gramado
No Via Jardins, quintal do primeiro andar é gramado
Foto: metron engenharia/divulgação

Deixadas muitas vezes de lado em relação aos andares superiores, as unidades do primeiro pavimento em condomínios ganharam um novo atrativo, que amplia a área privativa e abre novas possibilidades ao morador. São os apartamentos com quintal ou unidades garden (jardim, em inglês), como são chamados, opção para quem busca a segurança de um edifício, mas não abre mão do conforto e do espaço externo de uma casa.

A alternativa está presente tanto em imóveis econômicos, enquadrados no “Minha Casa Minha Vida” quanto em projetos mais sofisticados. Na área extra, muitos optam por colocar grama, cultivar horta, instalar churrasqueira e até ofurô, criando um espaço privativo de lazer para a família.

A Lorenge, por exemplo, pretende lançar no segundo semestre um residencial de quatro pavimentos na Enseada do Suá, com apartamentos de um, dois e três quartos, incluindo unidades garden de alto padrão. Segundo o diretor comercial da construtora, Samir Ginaid, serão imóveis amplos, com quintal descoberto, como se fossem várias coberturas.

O Edifício Madri, da Argo Construtora em Jardim da Penha, Vitória, tem apartamentos de dois e três quartos, com opções de unidades garden, com terraço descoberto no primeiro pavimento e preço a partir de R$ 551.900.

O Rio Volga, da Cunha Construtora, também em Jardim da Penha, oferece na unidade 202 um espaço externo para que o morador faça uma área gourmet, jardim ou o que mais desejar. Os apartamentos têm dois e três quartos com suíte e área privativa de 43m2 a 75m2. As unidades custam a partir de R$ 395 mil, sendo a com quintal R$ 430 mil.

ECONÔMICOS

Lançamento da Soliddo Construtora, o edifício Porto D’Aldeia, em Novo Horizonte, na Serra, terá unidades de dois quartos e opções com quintal no térreo. Contemplados pelo programa “Minha Casa Minha Vida”, com preço a partir de R$ 139.990, os apartamentos têm 44m2. “Muita gente escolhe o primeiro andar, por conta desse espaço extra, onde é possível colocar uma churrasqueira, uma horta ou jardim. Fica mais valorizado, pois o comprador recebe até 36m2 a mais de área privativa”, afirma o sócio da construtora Vicenzo Quiroz.

Leia também

Ainda na Serra, a Metron Engenharia tem essa opção no Via Jardins, que terá a fase três lançada neste semestre. São apartamentos de um e dois quartos e áreas de 31m2 a 46m2, além de unidades com quintal privativo no térreo. Os preços partem de R$ 159 mil. O espaço extra é cercado por alambrado e entregue com piso cerâmico e grama.

“Essa opção tem sido bastante procurada, porque a família ganha um espaço extra para fazer sua horta ou ter um animal de estimação, por exemplo. É uma alternativa para quem está na transição da casa para o apartamento”, observa a diretora de Incorporação da Metron, Márcia Waléria Bertaso.

O condomínio clube Vista do Bosque, no Centro da Serra, é um dos empreendimentos da Morar Construtora que oferece essa opção de quintal privativo. Em construção, o residencial tem apartamentos de dois quartos, a partir de R$ 129.900.

A MRV Engenharia tem à venda empreendimentos que oferecem unidades com quintal na Serra, em Cariacica e em Viana. Um deles é o Parque Viva La Costa, em Jacaraípe, que tem apartamentos de dois quartos com áreas entre 40,82m2 e 46,46m2, a partir de R$ 152 mil.

Ver comentários