Notícia

Bon voyage! Como levar as cidades preferidas para casa

Quadros, fotos e souvenirs podem compor a decoração de um cantinho especial

Mix de souvenirs e quadros divertidos
Mix de souvenirs e quadros divertidos
Foto: Flavio Zamborlini/Divulgação

Sem datas de ida e de volta, o convite de embarque possui um destino plural, que agrega uma decoração singular. Desperta a vontade única de levar cada lugar visitado para dentro de casa. Pode até ser o mapa-múndi inteiro. Fotos, peças de artesanato e quadros ajudam a lembrar dos lugares preferidos. Ambientes são resignificados com tons vívidos.

É o caso do projeto criado pela arquiteta e urbanista Karla Madrilis. Reservados para a acolhida das visitas, os ambientes da varanda e da sala de estar integram a temática das viagens. A aposta nas cores, mesclada às recordações, divide espaço com o acervo pessoal das clientes pesquisadoras.

A memória particular de uma cor transformou-se em ponto de partida. “Pintamos uma das paredes da varanda com a tonalidade escolhida por uma delas. Na sequência, montamos um painel de recordação com quadrinhos e placas. A ideia era também rememorar as ocasiões de lazer. O aproveitamento dos objetos diz muito a respeito das pessoas, e revelam as culturas às quais elas se identificam”, conta Karla.

Segundo ela, a composição com objetos pessoais é uma das decisões mais assertivas, sendo uma alternativa para deixar o local com a cara do dono. “É o que dá identidade ao projeto básico, idealizado por nós, arquitetos. Os itens de viagem carregam a miscigenação da cultura e geram boas recordações. Além disso, validam a capacidade da realização dos sonhos e das metas”, acrescenta Karla Madrilis.

 Lembranças de Berlim e Londres enfeitam a parede
Lembranças de Berlim e Londres enfeitam a parede
Foto: KARLA MADRILIS/ DIVULGAÇÃO

Para deixar o ambiente original, o arquiteto Flavio Zamborlini sugere a observação dos hobbies, gostos musicais e influências artísticas. O estilo também agrega as histórias envolvidas nas entrelinhas e os presentes recebidos. “Quadros com figuras de artistas, esculturas e souvenirs podem ser expostos de forma organizada, para que o espaço fique harmônico.” Parte dos utensílios pode ser encontrada em brechós, antiquários e feiras.

Na hora de montar um ambiente que lembre os lugares preferidos, a indicação é separar todas as peças e, em seguida, observar os volumes e as cores de cada. “Normalmente, mesclamos as peças altas com as baixas. Para equilibrar, colocamos as neutras com as coloridas. Se o ambiente ainda não está pronto, outra sugestão é valorizar a iluminação, que dará destaque aos objetos. No caso das fotos, separe as mais nítidas e com melhor enquadramento para criar um painel”, recomenda Karla.

DICAS

1. Coloque na sala a foto perfeita de uma viagem. Pode ser até mesmo paisagística

2. Reserve um espaço na sala para colocar os objetos das viagens

3. Coloque cestarias e objetos de arte nas varandas ou nas cozinhas

4. Exponha livros preferidos com temáticas diversas em uma mesa de centro ou lateral

5. Pode ser interessante que o (a) proprietário (a) ou a família que vive na casa monte o ambiente de lembranças. É uma forma de curti-las!

Fonte: arquiteto Flávio Zamborlini

Ver comentários