Notícia

Loteamentos ajudam a organizar cidades no Espírito Santo

Bairros planejados trazem mais segurança e qualidade de vida, afirma Associação das Empresas do Mercado Imobiliário

Boulevard Mar DUlé, entre Vila Velha e Guarapari, está pronto para construir
Boulevard Mar DUlé, entre Vila Velha e Guarapari, está pronto para construir
Foto: Cristal empreendimentos/ divulgação

Uma série de benefícios pode vir à tona por meio da instalação de loteamentos nas cidades. Especialistas apontam que, além de oferecer itens de infraestrutura aos moradores, a urbanização deixa a região mais segura e organizada, influenciando positivamente na vida das pessoas ao redor.

O presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-ES), Sandro Carlesso, observa que, nos últimos anos, Serra, Vila Velha, Cariacica e Viana foram as que mais evoluíram nesse segmento na Grande Vitória, já que possuem mais disponibilidade de terrenos. “No interior, Aracruz, Linhares, Nova Venécia, Cachoeiro de Itapemirim e Colatina também têm condições de absorver esses empreendimentos”, acrescenta.

Leia também

Para ele, loteamentos são alternativas flexíveis para quem busca moradia. “As pessoas têm a oportunidade de comprar o lote e construir a própria residência aos poucos, no tempo delas. O espaço já possui todas as condições necessárias, como rede de energia elétrica, água tratada, rede coletora de esgoto, asfalto, entre outros. Esse formato também dificulta a abertura de invasões e loteamentos irregulares.”

Segundo ele, outro fator positivo é que as construtoras geralmente instalam praças e academias a céu aberto, que permitem a interação entre moradores. “Os loteamentos propiciam a criação de diversos vetores de crescimento da cidade, que atraem principalmente a abertura de novos pontos empresariais”, destaca.

Sobre a moradia em um bairro planejado, Alexandre Schubert, diretor-geral da VTO Polos Empresariais, aponta algumas facilidades, incluindo a dinâmica viária estruturada e a regularidade dos lotes no cartório, com a demanda de licenciamentos em ordem. “Ao adquirir um imóvel, o morador estará seguro em relação às escrituras. Um bairro planejado é sinônimo de bom negócio, qualidade de vida e segurança do patrimônio.”

EMPREENDIMENTOS 

Em Cariacica, a VTO Polos Empresariais se prepara para inaugurar o Parque Leste Oeste, situado às margens da Rodovia Leste-Oeste, com lotes a partir de R$ 121 mil.

A Companhia Brasileira de Loteamentos (CBL) apresenta cinco empreendimentos. Em Vila Velha, a proposta é que o loteamento Laguna Park, ao lado da Leste-Oeste, seja um novo bairro. São lotes a partir de 250m2, com preço inicial de R$ 115 mil.

Em Colatina, o Real Garden tem o valor a partir de R$ 109.769. Em Aracruz, as unidades do Royal Garden custam R$ 173 mil. No mesmo município, os terrenos do Riviera Park e do Enseada Ville saem a partir de R$ 63.778.

Pronto para construir, o Boulevard Mar D’Ulé Residence & Resort, da Cristal Empreendimentos, fica na Praia D’Ulé, em Guarapari. Possui terrenos a partir de R$ 228 mil. Em Linhares, a Morada do Lago tem previsão de lançamento da terceira fase para o final do ano, a partir de R$ 68.322.

Com 13 loteamentos lançados no Norte e no Noroeste do Estado, a Soma Urbanismo conta com alguns empreendimentos no interior. Em Jaguaré, há o Residencial Riviera II, a partir de R$ 51.519,40. Perto da praia de Guriri, os lotes do Residencial Soma Verano têm valor inicial de R$ 91,598,93.

Ver comentários