Notícia

Polícia Ambiental encontra pássaros em cativeiro e poço ilegal em Mucurici

Os crimes ambientais foram constatados em uma propriedade rural. A pena prevista é de multa e detenção de um ano

Pássaros silvestres foram apreendidos
Pássaros silvestres foram apreendidos
Foto: Divulgação

A Polícia Militar Ambiental (BPMA) identificou um poço escavado de forma ilegal às margens de um curso hídrico em uma propriedade rural em Mucurici, região Norte do Estado, na tarde de segunda-feira (24). No local, também foram apreendidos pássaros silvestres.

Através de uma denúncia uma equipe de policiais militares constatou a construção de um poço escavado próximo ao córrego do Itauninhas, zona rural de Mucurici.

O proprietário do terreno informou à Polícia que a atividade não foi licenciada pelo Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (IDAF). O poço estaria degradando uma Área de Preservação Permanente (APP) de 5 mil m². Além disso, foram recolhidos 12 pássaros da fauna silvestre brasileira mantidos em cativeiro, sendo 10 canários-da-terra e dois coleiros.

Poço escavado de forma ilegal
Poço escavado de forma ilegal
Foto: Divulgação

Por se tratar de crime ambiental, a ocorrência foi encaminhada aos demais órgãos ambientais, juntamente com relatório fotográfico, para adoção das medidas que o caso requer.

O infrator deverá comparecer à justiça pelo crime de realizar obras ou serviços poluidores sem autorização do órgão ambiental competente, e também, por manter pássaros em cativeiro. A pena prevista é de multa e detenção de um ano.

A Polícia Ambiental informou que a construção de poços escavados depende de prévia autorização do órgão ambiental competente e irá analisar a viabilidade do projeto para reduzir danos causados ao meio ambiente.

Ver comentários