Notícia

Assassino é preso em flagrante na Serra

Segundo o criminoso, o assassinato ocorreu após uma discussão em um forró

Assassino é preso em flagrante na Serra
Assassino é preso em flagrante na Serra
Foto: Polícia Civil

Um comerciante de 40 anos, identificado como Paulo Ferreira de Oliveira, foi preso na tarde deste domingo (3) por participar de um homicídio em Novo Horizonte, na Serra. A vítima, que era “amigo” e trabalhava com Paulo, foi identificada como Jonathan Helmer Campos, 30, morto a golpes de picareta. A prisão foi feita após a Polícia Civil receber uma denúncia anônima que havia um corpo desovado em Central de Carapina, também na Serra.

Quando a equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) realizava a perícia, no local onde estava o corpo, próximo a uma adutora da Cesan, recebeu outra denúncia, por meio do 181, informando o endereço do suposto autor do crime.

A equipe seguiu para o local informado e chegou à residência de Paulo, onde ele estava dormindo. A roupa dele estava suja de sangue e no porta-malas do carro dele havia uma grande mancha de sangue.

Questionado pelos policiais ele informou que na noite anterior houve uma desavença com a vítima, motivada por bebida alcóolica, em um forró, em Novo Horizonte. Ele confirmou que ocorreu o crime e que teria sido utilizada uma picareta que foi jogada em um matagal, mas negou que tenha sido o autor, ele atribuiu a autoria a uma terceira pessoa que estava com ele e Jonathan.

“Não mato nem uma barata, só ajudei ele a levar o corpo para Central Carapina porque estava com medo dele fazer algo comigo também. Até pensei em avisar a polícia, mas estava cansado, fui para a casa dormir”, afirmou Paulo.

Os policiais foram ao local onde a picareta teria jogada mas não a encontraram, porém havia uma poça de sangue no local. “Ele mesmo fala que o crime foi cometido em um local e depois eles transportaram o corpo para Central Carapina para ser desovado. A Polícia Civil está investigando se há outras pessoas envolvidas no crime”, assegurou o delegado de plantão da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa Brenno Andrade.

Paulo foi autuado por homicídio duplamente qualificado e encaminhado para o Centro de Triagem de Viana.

Ver comentários