Notícia

Secretário da Prefeitura de Itapemirim é morto a tiros dentro de casa

José Mauro Sales era considerado braço direito do do prefeito em exercício Thiago Peçanha

José Mauro Sales foi executado dentro de casa
José Mauro Sales foi executado dentro de casa
Foto: Reprodução/Facebook

O secretário de Gerência-Geral de Itapemirim, José Mauro Sales Penha, de 58 anos, foi executado com seis tiros na noite de domingo (03) na porta de casa no distrito de Itaoca, Litoral Sul do Estado.

Vizinhos chegaram a escutar os disparos, mas o corpo de José Mauro só foi encontrado uma hora após o crime. A motivação e autoria do assassinato ainda são desconhecidas.

José Mauro morava sozinho. De acordo com a Polícia Militar, as pessoas que moravam próximo a casa dele contaram que ouviram disparos de arma de fogo por volta das 21h30.

O secretário foi atingido por seis disparos, sendo dois de frente e outras quatro por trás. Os locais não foram divulgados.

Na porta da sala e na parede da garagem haviam marcas de sangue. Ainda segundo a PM, mesmo ferido, José Mauro tentou escapar e deu alguns passos, mas caiu na frente da garagem, próximo ao carro.

Dois projéteis de calibre ainda não identificado foram recolhidos na rua. Ninguém soube a dizer à polícia quantos criminosos participaram da ação.

A PM fez buscas na região, mas não conseguiu encontrar nenhum suspeito. A aposentada Amélia Moreira estava dentro de casa e foi uma das vizinhas que ouviram os disparos.

“Eu ouvi um barulho, aí eu falei com o meu filho: ‘tem um tiro por aí’”, contou, emocionada.

Luto

A Prefeitura de Itapemirim decretou três dias de luto oficial. Todas as repartições públicas permaneceram fechadas ontem e hoje e amanhã o expediente será apenas interno. Porém, as escolas e unidades de saúde voltam a abrir as portas hoje.

José dedicou mais de 20 anos da vida para a política. Foi assessor da Câmara dos Deputados, secretario de Agricultura e Pesca em Itapemirim e já foi candidato a prefeitura da cidade.

 

Com informações da TV Gazeta

Ver comentários