Notícia

Garoto de 9 anos mata colega a pauladas após ser chamado de 'caolho'

Caso ocorreu em São Paulo. De acordo com o delegado, não há medida de restrição de liberdade prevista no ECA

Crime aconteceu na rua Seriema, em Várzea Paulista
Crime aconteceu na rua Seriema, em Várzea Paulista
Foto: Reprodução/Google Maps

Um menino de 12 anos foi assassinado a pauladas por uma criança de 9, na noite desta segunda-feira (18), no bairro Cidade Nova II, em Várzea Paulista, São Paulo. As informações foram passadas pela delegacia ao portal de notícias UOL.

Segundo o delegadoMarcel Fehr, a vítima provocava constantemente o menino, que é estrábico, chamando-o de "galo cego" e "caolho".

Por volta das 18h desta segunda-feira (18), os dois estavam com um grupo de colegas quando se desentenderam e, durante a briga, o menino pegou um pedaço de pau e atingiu o colega diversas vezes na cabeça.

O adolescente foi socorrido e encaminhado ao Hospital Universitário de Jundiaí, em São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

De acordo com Fehr, como o autor do crime é uma criança, não há medida de restrição de liberdade prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). "Não é sequer um ato infracional, apesar da gravidade do fato", ressalta o delegado.

 

Ver comentários