Notícia

Polícia Militar usa drones para monitorar Morro da Piedade em Vitória

A Secretaria de Segurança Pública do Estado (Sesp) havia informado que o Destacamento da PM iria contar com os equipamentos

Drone foi usado por policiais para monitorar o Morro da Piedade
Drone foi usado por policiais para monitorar o Morro da Piedade
Foto: Reprodução | TV Gazeta

O Morro da Piedade — que foi palco de guerras entre traficantes  — está sendo monitorado por drones na tarde desta quarta-feira (4). Os equipamentos foram comprados pelo Governo do Estado para auxiliar no trabalho da Polícia Militar. 

No início de junho, a Secretaria de Segurança Pública do Estado (Sesp) havia informado que o Destacamento da Polícia Militar (DPM), que vai ficar no Morro da Piedade, iria contar com os equipamentos para a realização de rondas na região de Piedade, Fonte Grande e do Moscoso.

Três equipamentos foram comprados e onze militares já foram treinados para manusear as aeronaves. O custo foi de R$ 8 mil por drone.

VÍDEO:

Para voar, a polícia tem autorização especial, que pode ser usada a qualquer momento, mas o equipamento não vai substituir a utilização de helicóptero.

SESP CONFIRMA BASE DA PM NA PARTE BAIXA DA PIEDADE

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) anunciou que avalia a compra de um imóvel na Piedade para a implantação da base da Polícia Militar no bairro. A ideia inicial era que a base funcionasse no Telecentro, que não foi cedido pela Prefeitura de Vitória após moradores reclamarem que não queriam perder o espaço. A administração estadual informou que vai procurar outro lugar para a PM e a prefeitura garantiu que o Telecentro vai continuar funcionando.

Leia também

De acordo com o secretário estadual de Segurança Pública, Nylton Rodrigues, o governador Paulo Hartung já autorizou a compra de um imóvel na Piedade e técnicos da Secretaria Estadual de Gestão e Recursos Humanos (Seger) iriam ao bairro para avaliar três imóveis que podem ser adquiridos para instalar a base da PM.

Apesar de mais de cem moradores da Piedade terem decidido em reunião no último sábado que querem que a base fique na parte alta do bairro, porque afirmam que é nessa região que os ataques ao morro acontecem, o secretário Nylton Rodrigues disse que a PM ficará mesmo baseada nas proximidades do Telecentro, na parte mais baixa do morro.

“A nossa avaliação é técnica, científica, com base no serviço de inteligência policial que nos indica que é ali que nós devemos estar, sim. A comunidade vai perceber, vai ficar mais tranquila com a nossa presença ali, com a base fixa, com o patrulhamento a pé em todo o morro, com as câmeras monitorando.”

Além disso, o secretário frisou que a decisão de colocar a Polícia Militar nas proximidades do Telecentro é uma medida para acabar com o tráfico de drogas naquele local. De acordo com Nylton Rodrigues, o ponto era disputado por traficantes e gerou os conflitos que levaram a mortes e a debandada de moradores do bairro.

Ao lado de Nylton Rodrigues, o secretário de Segurança Urbana de Vitória, Fronzio Calheira, também anunciou que a prefeitura vai instalar câmeras de videomonitoramento na Piedade para inibir a prática de crimes na região. O cabeamento de fibra ótica está sendo feito para que as câmeras possam ser instaladas. Além disso, a prefeitura colocou uma antena de Wi-Fi para servir à Polícia Militar a às forças de segurança que atuarem no bairro.

Ver comentários