Notícia

Amigo desmaiou após ver jovem morta, diz funcionária de boate

A funcionária da casa de shows conversou com o Gazeta Online

Viatura do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em frente à boate onde jovem foi morta
Viatura do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em frente à boate onde jovem foi morta
Foto: Helton Cardoso

Um amigo da jovem Thalita do Carmo, 19, que morreu após ser atingida por tiros de um policial militar na porta de uma boate, na Serra, desmaiou ao ver a amiga morta. As informações são de uma funcionária do estabelecimento que conversou com o Gazeta Online. A confusão, que aconteceu às 4h16, em Parque Residencial Laranjeiras, deixou também um segurança baleado. Veja a entrevista:

Qual era a situação quando a senhora chegou?

A situação era de pânico. Os seguranças estavam todos desesperados e chorando, pois são colegas de trabalho dele. A moça já estava morta e o segurança já havia sido socorrido para o hospital. Uma das seguranças o acompanhou. Estava todo mundo muito transtornado

A senhora comentou que também presenciou o amigo da moça que faleceu... Por que ele estava transtornado?

O amigo desmaiou. Ele estava transtornado por ter convidado a moça para vir ao baile. Estavam comentando que ela não queria vir e acabou vindo e acontecendo isso no final.

Como foi chegar e ver toda essa situação?

Leia também

Eu estou constrangida. Estou tremendo até agora. Igual meu patrão falou, tínhamos que terminar de fazer o serviço, pois não podia deixar a boate suja. A gente está terminando para ir embora.

Como falaram para a senhora? O rapaz saiu pra buscar o carro e voltou?

O que fiquei sabendo é que eles discutiram. O rapaz saiu, pegou a arma e atirou. E infelizmente a moça estava perto. O celular do segurança estava no bolso. Ele atirou provavelmente para matar, pois o celular ficou com um rombo muito grande.

Se não fosse o celular...

Ele tinha morrido mesmo. Na hora também, pois o tiro foi no peito. O cartão que passa na maquininha tomou tiro. O rapaz tomou tiro no bumbum. Foi feio mesmo.

Thalita Carmo, jovem morta por PM, em boate na Serra
Thalita Carmo, jovem morta por PM, em boate na Serra
Foto: Reprodução/Facebook

Pelo que a senhora ouviu falar tudo aconteceu depois dessa discussão entre essa pessoa e o segurança. O que os seguranças comentaram com a senhora?

Só comentaram que discutiram e o rapaz saiu, voltou e aconteceu o que aconteceu.

ENTENDA O CASO

Uma jovem de 19 anos morreu e um segurança ficou ferido ao serem atingidos por disparos feitos por um policial militar, na porta de uma boate, às 4h16, em Parque Residencial Laranjeiras, na Serra.

Segundo informações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o policial militar, identificado como Patrick Ramos Guariz, 26 anos, saiu da boate após pagar a conta, mas resolveu voltar para o interior do estabelecimento e foi impedido pelo segurança.

Enquanto Patrick discutia para retornar à boate, a jovem Thalita do Carmo Pereira, de 19 anos, se aproximou do segurança para entregar a comanda que havia pagado para também sair da boate. Nesse momento, Patrick abriu fogo contra o segurança.

Com informações de Glacieri Carraretto

Ver comentários