Notícia

Polícia investiga morte de diarista em prédio de Vila Velha

A mulher foi encontrada no Edifício Saint Patrick, na Praia da Costa; moradores acreditam que ela tenha morrido eletrocutada

Faxineira é encontrada morta em cozinha de prédio em Vila Velha
Faxineira é encontrada morta em cozinha de prédio em Vila Velha
Foto: Fernando Madeira

A diarista Nathalia da Silva, de 34 anos, morreu eletrocutada na cozinha de um apartamento, localizado no Edifício Saint Patrick, na Praia da Costa, em Vila Velha, no início da noite desta quinta-feira (28). 

> Áudio com tiros revela momento em que morador é assassinado em Vitória

De acordo com o delegado plantonista do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Agis Macedo, a mulher lavava o chão da cozinha, quando teria encostado no acendedor automático do fogão e recebido a descarga elétrica. O chão molhado poderia ter contribuído para que a descarga fosse ainda mais forte, segundo a polícia.  

Segundo testemunhas, a mulher era funcionária do condomínio, mas realizava serviços extras e, nesta quinta-feira (28), foi o primeiro dia de trabalho na residência. Na casa havia apenas a dona do apartamento, com uma criança e a funcionária. A dona da residência teria chamado Nathalia, mas não teve resposta. Ao sair do quarto e ir pra cozinha, ela encontrou a vítima sem vida, no chão.

A polícia afirma que Nathalia ficou com uma marca no braço, do mesmo formato e tamanho de uma das bocas do fogão. A causa exata da morte, se foi por pela descarga elétrica ou pela queda, será analisada após a perícia realizada pelo Departamento Médico Legal (DML).

 

 

Ver comentários