Notícia

Denúncia anônima aponta que assassino de ator e família pode estar no ES

Paulo Cupertino é apontado como assassino do ator Rafael Miguel e dos pais deles; oito dias após o crime, ele ainda não foi encontrado

Paulo Cupertino Matias é procurado pela polícia acusado de matar ator Rafael Miguel, o pai e a mãe dele
Paulo Cupertino Matias é procurado pela polícia acusado de matar ator Rafael Miguel, o pai e a mãe dele
Foto: TV Globo | Reprodução

Denúncias anônimas enviadas à Polícia Civil de São Paulo indicaram à investigação que Paulo Cupertino, apontado como assassino do ator Rafael Miguel e dos pais dele, poderia estar em outros três Estados, entre eles, no Espírito Santo.

> Laudo revela que ator Rafael Miguel foi morto com 7 tiros

As informações foram divulgadas pelo telejornal SP TV, da TV Globo, no qual também informou que a polícia paulista teria enviado para as polícias goiana, mineira e capixaba o mandado de prisão temporária que está em aberto contra Paulo Cupertino.

Polícia encontra carro que assassino de ator de 'Chiquititas' teria usado para fugir
Polícia encontra carro que assassino de ator de 'Chiquititas' teria usado para fugir
Foto: Reprodução/Instagram @rafaelmiguelreal

Em São Paulo, equipes continuam fazendo buscas e já checaram vários endereços, mas o comerciante ainda não foi encontrado. Para esta quarta-feira (19), estão previstos depoimentos, em que a esposa atual de Paulo Cupertino, três irmãs do comerciante e o dono de uma caminhonete que estava na oficina de Paulo no dia do crime, vão falar com a polícia.  A polícia vai investigar se o comerciante dono do carro ajudou o suspeito a fugir depois do crime.

> "Salvou a minha vida", diz namorada de ator morto de "Chiquititas"

Acionada pelo Gazeta Online, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) informou que o delegado titular da Superintendência de Polícia Interestadual e Capturas (Supic) já solicitou informações concretas sobre o possível paradeiro do suspeito no Espírito Santo à Polícia Civil de São Paulo e, caso necessário, colocará a unidade à disposição para ajudar a localizar o foragido.

O CRIME

O ator Rafael Henrique Miguel, de 22 anos, que interpretou o personagem Paçoca na novela infantil "Chiquititas", exibida pelo SBT, e seus pais foram mortos a tiros na tarde de domingo (9), no bairro Pedreira, zona Sul da capital, quando iriam visitar a namorada do artista.

Segundo o boletim registrado pela polícia, o ator, acompanhado de seus pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos, foram até a casa de sua namorada para conversar com o pai dela sobre o namoro, por volta das 14h. As vítimas foram recepcionadas pela mãe e pela namorada de Miguel.

> Mãe foi morta ao abraçar ator para tentar protegê-lo

Quando a família era recepcionada, o pai da garota, um comerciante de 48 anos, teria chegado com uma arma e, em seguida, atirado contra as três vítimas, que aguardavam no portão da casa do atirador. As vítimas morreram no local.

 

 

Após os disparos, o suspeito fugiu, segundo a polícia. A SSP (Secretaria da Segurança Pública), gestão João Doria (PSDB), disse que o caso é investigado pelo 98º DP (Jardim Miriam). "As equipes estão em diligência para localizar e prender o autor do crime", diz trecho de nota.

Rafael Miguel ficou famoso em um comercial (veja abaixo), quando pedia para a mãe comprar brócolis no supermercado. Além de "Chiquititas", ele também fez trabalhos nas novelas "Pé na Jaca" e "Cama de Gato", da Globo.

Ver comentários