Notícia

Givaldo Vieira tem maioria dos votos para presidir o PT no Espírito Santo

Com o resultado, o deputado federal tem vantagem na eleição que decidirá o novo comandante do partido, em maio

Givaldo Vieira
Givaldo Vieira
Foto: Arquivo

O deputado federal Givaldo Vieira deu um passo importantíssimo para assumir a presidência do Partido dos Trabalhadores no Estado (PT-ES), após o Processo de Eleições Diretas (PED), realizado neste domingo (09). 

Dados extraoficiais dão conta de que a chapa de Givaldo, "Para voltar a sonhar", obteve 51% dos votos (2.648) e conseguiu eleger 127 delegados, contra 71 da chapa "Construindo um novo Brasil", comandada pelo deputado estadual José Carlos Nunes, que conseguiu 28% dos votos (1.475). A reportagem entrou em contato com os concorrentes, que confirmaram a veracidade dos dados. 

Na terceira colocação ficou a chapa "Alternativa para o Espírito Santo", do ex-prefeito de Vitória e atual presidente da sigla no Estado, João Coser, que conseguiu eleger apenas 50 delegados ao conquistar 20% dos votos (1.036). A chapa "Militantes pela Revolução", comandada por Luciano Avellar, do PT de Vila Velha, elegeu dois delegados ao ter 1% dos votos (54).

Ao todo, 5.213 filiados ao partido no Espírito Santo - de um universo de 22 mil membros que estavam aptos para votar - escolheram uma das quatro chapas concorrentes.

O resultado, porém, só será oficializado nesta terça-feira (10), às 17 horas, quando a comissão eleitoral analisará todas as atas do processo. Após a divulgação, as chapas vão indicar os delegados que participarão do Congresso Estadual do PT, em maio, que elegerá o novo presidente da legenda, o líder do partido na Assembleia e outros 46 membros do diretório estadual.

Ver comentários