Notícia

Quadrilha que assaltava motoristas de aplicativo é presa em Vitória

As investigações começaram quando a Delegacia Regional de Vitória percebeu que havia um número grande de ocorrências semelhantes no Centro da Capital

Foram presos no Morro do Moscoso e da Piedade foram presos Erick Flores de Macedo, 19, Maurício Pereira, 19, Waldir Ribeiro da Silva, 22 e Maurício Pereira, 23. Também foi preso Romulo Souza Reis, o Granola, 19 anos, que foi preso em flagrante por tráfico de drogas
Foram presos no Morro do Moscoso e da Piedade foram presos Erick Flores de Macedo, 19, Maurício Pereira, 19, Waldir Ribeiro da Silva, 22 e Maurício Pereira, 23. Também foi preso Romulo Souza Reis, o Granola, 19 anos, que foi preso em flagrante por tráfico de drogas
Foto: Divulgação | Polícia Civil

Uma quadrilha que assaltava motoristas de aplicativos foi detida nesta terça-feira (18) durante uma operação da Polícia Militar e da Polícia Civil, em Vitória. O grupo atuava  há oito meses e fez mais de 30 vítimas. 

As investigações começaram quando a Delegacia Regional de Vitória percebeu que havia um número grande de ocorrências semelhantes de roubos contra motoristas de aplicativos sempre na mesma região:  Centro da Capital.

"Eram corridas curtas, que eram solicitadas por mulheres, mas quem entrava no veículo eram homens. Durante o trajeto, abordavam o motorista e tomavam objetos de valor, como cordões, celulares, dinheiro. Algumas vezes, roubavam o  carro também", contou o delegado Marcio Braga, titular da Delegacia Regional.

Ao todo, já são 30 registros desde outubro de 2018. O modo de agir dos criminosos era sempre o mesmo. Depois de entrarem no veículo, eles mudavam o destino para as proximidades da Cidade Alta e anunciavam o assalto. Eles usavam facas, revólveres e até um golpe "mata-leão" para ameaçar as vítimas. 

Foram presos no Morro do Moscoso e da Piedade Erick Flores de Macedo, 19, Maurício Pereira, 19, Waldir Ribeiro da Silva, 22 e Maurício Pereira, 23. Ainda está foragido André Luiz Pereira dos Santos, 19 anos. Também foi preso em flagrante por tráfico de drogas Rômulo Souza Reis, o Granola, 19 anos. Na casa dele, os policiais encontraram 27 buchas de maconha, um cordão com a letra M, cinco relógios, R$ 1130,00 em dinheiro. Além disso, um rádio comunicador e binóculos foram recolhidos na residência. 

Ao todo, a operação cumpriu cinco mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão pelos crimes de roubo e associação criminosa expedidos pela Justiça a pedido do delegado.

Delegado Márcio Brava, titular da 1º Delegacia Regional de Vitória
Delegado Márcio Brava, titular da 1º Delegacia Regional de Vitória
Foto: Glacieri Carraretto

Para a Polícia Civil, há indícios de que o grupo ainda participava do tráfico de drogas no famosa Rua da Lama, onde há vários bares e restaurantes, no bairro Jardim da Penha, em frente à sede da Ufes.  "Temos informações de que eles também usavam os veículos para fazer transporte de drogas para vender na rua da Lama, em Jardim da Penha", afirmou o delegado.

Os detidos foram reconhecidos por várias vitimas e algumas delas chegaram a ir à delegacia para realizar o reconhecimento.

"O que ajudou nas investigações foi uma troca de tiros que esse grupo, depois de roubar o carro de um motorista de aplicativo no Centro, com a policiais militares, em Cariacica. Isso aconteceu há cerca de quatro meses, quando buscamos por imagens após descobrirem que o carro era roubado", descreveu o delegado. 

No início da noite, os quatro detidos ainda estavam sendo ouvidos na delegacia. De lá, deveriam ser levados para o Centro de Triagem de Viana. 

> Motorista de aplicativo tem carro roubado por falso passageiro no ES

Ver comentários