Notícia

Carreata pró-Bolsonaro no ES já conta com a vitória do candidato

Uma carreata a favor do candidato saiu do bairro Mário Cypreste, em Vitória. O ato terminou com oração e festa em Jardim Camburi

Manifestação pró-Bolsonaro na noite deste sábado (27), em Vitória
Manifestação pró-Bolsonaro na noite deste sábado (27), em Vitória
Foto: Vitor Jubini

Eleitores do candidato Jair Bolsonaro (PSL) percorreram Vitória em carreata na tarde de sábado (27). Os veículos se concentraram no Tancredão a partir das 15 horas e partiram às 16h, enfeitados com balões verde-e-amarelos, bandeiras do Brasil e até mesmo um boneco de papelão com a imagem do liberal. Os organizadores seguiram na frente, em um trio elétrico, onde entoavam gritos de apoio ao candidato. Uma delas, Alexandra Silva, é filiada ao PSL, mas afirmou que o ato foi "ultrapartidário". "A iniciativa foi dos grupos Mente Conservadora, Direita Espírito Santo e Associação Nacional dos Conservadores do Espírito Santo (Acons/ES)".

O clima do movimento já era de vitória do candidato, como reforçou Alexandra: "Bolsonaro leva, com toda a certeza. Nosso único medo é de uma possível quebra de sigilo das urnas eletrônicas, essa é a nossa preocupação".

De acordo com os policiais militares que estavam no local acompanhando a manifestação, havia cerca de 200 veículos participando no início. Do ponto de partida, a carreata passou pelo Centro da capital, Avenida Vitória, Avenida Marechal Campos, Avenida Fernando Ferrari, Adalberto Simão Nader e Camburi, terminando no bairro Jardim Camburi, onde moradores apoiavam o ato das varandas de seus apartamentos. 

A motorista Dulcinéia Rodrigues, de 40 anos, relatou durante a concentração que ela e o marido, o também motorista Luiz Carlos Pereira, 46, sempre participam dos atos pró-Bolsonaro. "No último domingo nós estávamos na Terceira Ponte, e no primeiro turno também participamos. Na nossa família, nossos amigos, todo muno é Bolsonaro e entende a importância de mudar", disse. "Chega de PT, vamos acabar com a corrupção e a violência, esse é nosso principal objetivo", completou Luiz Carlos. Ambos usavam camisas da Seleção Brasileira.

Outro grupo que integra diversos atos de direita é o trio Eduardo Marques, de 52 anos, Neondres Oliveira, 59, e Wesley Souza, 29. De acordo com Neondres, que é comerciante, os amigos protestam desde 2016, nos movimentos "Fora Dilma". "Se é contra o PT, estamos presentes. Somos anticomunistas", ressaltou. Eduardo faz parte da parcela da população que acreditava no partido de Haddad e, depois, se arrependeu. "Votei na Dilma em 2014, mas foi tanta corrupção que desisti do PT. Bolsonaro é o melhor para o Brasil, porque tem ficha limpa", defendeu o operador de caldeira. O eletricista Wesley emendou que está otimista quanto ao resultado das eleições. "Já está garantido desde o primeiro turno, Bolsonaro será presidente e vai acabar com a impunidade e abrir a nossa economia, para o Brasil prosperar", antecipou.

Leia também

Por volta das 18h20, a carreata parou na Avenida Carlos Lindenberg, em Jardim Camburi. Os motoristas estacionaram e se aproximaram do trio, sempre trajando as cores da bandeira. Aproveitando o momento, o ambulante Leandro Escobar, de 37 anos, vendia bandeiras do Brasil, cornetas e bandanas com o nome de Bolsonaro. "Assim como eu, as pessoas estão muito animadas com ele, está tendo essa febre. Ele vai ganhar amanhã, e eu estou aproveitando para tirar um dinheirinho bom. Estão comprando bastante”, comemorou.

Convocados pelos organizadores, os manifestantes cantaram o Hino Nacional, momento que foi filmado e enviado ao candidato do PSL. A multidão ainda rezou um Pai Nosso antes de se dispersar.

 

 

Ver comentários